Gestão

35% dos recrutadores preferem contratar candidatos que encontram na internet

12 de junho de 2015

Evitar estar presente nas redes sociais pode trazer consequências negativas para quem está procurando emprego. Segundo uma pesquisa do site CareerBuilder, 35% dos recrutadores norte-americanos estão menos propensos a contratar um candidato se não conseguirem encontrar informações sobre ele na internet. Entre as ferramentas para pesquisar informações online, as redes sociais são usadas por 52% dos profissionais entrevistados, enquanto as ferramentas de pesquisa ficam em segundo lugar, com 51%.

A pesquisa foi feita com 2 mil recrutadores e gestores de RH no início deste ano. Ela indica um crescimento da busca por informações de candidatos nas redes sociais, já que em 2014 este índice ficava em 43% e em 2013, 39%.

Separando por áreas de atuação, a Tecnologia da Informação lidera a lista dos cargos que mais se recruta de olho nas redes sociais, o que acontece em 76% dos casos. Logo depois, vêm os Serviços Financeiros (64%), Vendas (61%), Administração (54%), Manufatura (49%), Saúde (49%) e Varejo (46%).

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail