Carreira

5 dicas para aproveitar ao máximo a vida de universitário

A graduação oferece um leque de possibilidades para a carreira e crescimento pessoal

Da Redação
2 de Abril de 2018

Ingressar em uma graduação é uma experiência totalmente nova, que vem acompanhada de expectativa e até mesmo de receio.

Na fase de adaptação, o estudante pode se sentir perdido ou não conseguir enxergar como a vida acadêmica pode agregar experiências enriquecedoras. Pensando nisso, Iago Maciel, presidente da Brasil Júnior, Confederação Brasileira das Empresas Juniores, aponta quais são as melhores maneiras de desenvolver cada vez mais a vivência universitária.

Atlética

As entidades são responsáveis por planejar e desenvolver eventos esportivos na faculdade. Portanto, estudantes que praticam algum esporte podem ingressar na Atlética da universidade. Essa maneira de aproveitar o período da faculdade é tradição em instituições públicas e privadas, e a prática rende em novas amizades e qualidade de vida. Mas não se engane, as atléticas são bem mais do que festas.

Iniciação Científica

Ao se ver empolgado com alguma disciplina, o aluno pode aproveitar o interesse e começar uma iniciação científica. Essa modalidade de pesquisa permite que o estudante vivencie um pouco do que irá fazer como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Além disso, é um grande diferencial no currículo e um pontapé inicial para a carreira acadêmica. Durante o período de um ano, o aluno melhora o senso crítico e aumenta as chances de conquistar uma vaga em um programa de pós-graduação.

Empresa Júnior

As Empresas Juniores incentivam o empreendedorismo entre os jovens por meio da vivência empresarial durante a formação acadêmica. Nessas empresas, os alunos têm a oportunidade de se aproximar de suas futuras carreiras e de elaborar ideias inovadoras para revolucionar o mercado. Atualmente existem mais de 600 empresas juniores com aproximadamente 20 mil empresários juniores distribuídos em 113 universidades. Os modelos de empresas são variadas e abrangem diversos segmentos.

Estágios

No estágio, o estudante coloca em prática todo o conhecimento adquirido no decorrer do curso. E claro, um estágio remunerado ajuda bastante no custo da graduação. O networking também é uma vantagem: criar relacionamentos profissionais durante o estágio poderá resultar em recomendações e oportunidades decisivas na carreira do estudante. Por fim, ao dar o seu melhor, o aluno tem chance de ser efetivado e terminar a graduação empregado.

Intercâmbio

O intercâmbio é sonho de muitas pessoas, dentro e fora da universidade, e inúmeras instituições dão suporte para estudantes, que incluem até mesmo bolsas de estudos. As vantagens dessa prática são muitas: enriquecer o currículo, ampliar cultura de mundo, aprender cada vez mais sobre sua área profissional, além de ter uma segunda língua, diferencial em toda carreira. Como crescimento pessoal, estar em outro país irá estimular a independência e a capacidade de resolver os problemas que aparecerem.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail