Gestão

77% dos executivos dedicariam menos tempo ao trabalho

7 de julho de 2014

Uma pesquisa realizada recentemente pela consultoria DMRH, intitulada “A Empresa dos Sonhos dos Executivos” apontou que 62% dos executivos não estão satisfeitos com a forma com que distribuem o seu tempo, sendo que 77% deles diminuiriam o tempo dedicado ao trabalho e 80% aumentariam o tempo dedicado à família. Atividades físicas e cuidados com a saúde também foram citados como quesitos nos quais gostariam de dedicar uma parcela maior do dia (76%).

#L# O estudo, que foi realizado com mais de 4,5 mil empresários, presidentes, diretores e gerentes seniores, contemplou diversas áreas e segmentos do Brasil e levantou também que do total do tempo gasto por esses profissionais, 36% são trabalho e carreira; 20% é descanso; 14% família; 8% lazer; 8% educação; 7% saúde e 7% autoconhecimento.

“Quando a pesquisa avalia a insatisfação apenas das mulheres, o índice é ainda maior: 69% sentem-se sobrecarregadas. Acredito que seja porque elas ainda são, na maioria dos casos, responsáveis pelos cuidados com a casa e com os filhos e se cobram muito por isso”, explica Sofia Esteves, fundadora da consultoria DMRH.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail