Gestão

Apontar os acertos

18 de julho de 2011
  • Acreditar que ações pontuais podem motivar alguém, como prêmios ou dinâmicas de grupo. As boas práticas devem existir no dia a dia do profissional.
  • Usar o dinheiro como motivador. O salário pode atrair os profissionais, mas a retenção é feita com uma boa liderança.
  • Usar pressão ou controle sobre as pessoas para obter resultados. Isso as faz trabalhar mais e melhor, mas apenas quando o gestor está olhando.
  • Apontar apenas os erros dos funcionários, e nunca os acertos. Muitos gestores pensam que elogiar os funcionários os deixará mais acomodados. Na realidade, o elogio é uma ferramenta importante.
  • Pensar que apenas a liderança deve saber os rumos estratégicos da empresa. Quando todos conhecem as decisões, têm mais facilidade de se comprometer.
  • Não ouvir os funcionários. Por medo de perder o controle, muitos gestores não estão abertos a ouvir. Ao ser ouvido, o profissional sente-se respeitado e parte de um time.
  • Realizar ações iguais para todos. Pagar um MBA pode ter grande valor para um jovem no início da carreira, mas não surtir efeito em um profissional mais experiente.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail