Bonificação garantida

    0
    202

    Com 44 anos de história e origem familiar, a Gazin conseguiu se tornar a empresa com melhores práticas em remuneração de acordo com o Great Place to Work Institute em pesquisa para a revista MELHOR. Segundo Viviane Thomaz, gerente de recursos humanos da companhia, a premiação significa um reconhecimento do trabalho sendo bem realizado. “O objetivo da empresa é ser um ótimo lugar para trabalhar e o prêmio mostra que estamos na direção certa”, afirma.

    Sobre as políticas da empresa, Viviane destaca, além das práticas específicas em remuneração (veja quadro), o plano de sucessão. Na Gazin, cada gestor tem a responsabilidade de preparar e formar o seu próprio sucessor. Além de garantir que a empresa funcione bem no caso de saídas ou demissões, a iniciativa tem outra boa consequência. “Sem backup, o profissional tem dificuldades de ser promovido. Por isso, essa política ajuda no desenvolvimento da liderança”, afirma. Os líderes da empresa também contam com cursos específicos em parceria com a Fundação Dom Cabral.

    A Gazin é assídua na lista das Melhores Empresas para Trabalhar do GPTW. Participando desde 2003, a empresa foi a 11º colocada em 2010 e saltou para a 5ª posição do ranking geral em 2011. “Até 2015, queremos ser a melhor empresa para trabalhar no Brasil, a campeã. Além disso, temos como objetivo ficar entre as 200 maiores companhias [em faturamento]”, conta Viviane.

    As metas agressivas são ainda mais impressionantes ao se analisar o momento pelo qual passa a empresa, já que o corpo de funcionários cresce agressivamente. Apenas em 2011, 1,3 mil novos colaboradores foram contratados, enquanto no ano passado foram contratados 2.320 – hoje, no total, a companhia contabiliza 5,1 mil trabalhadores. Atualmente, a Gazin opera no atacado e varejo, vendendo produtos que vão de móveis a eletrodomésticos, consórcios, seguros e combustíveis. Ao todo, são 167 filiais espalhadas pelo Brasil e 14 centros de distribuição. Como se não bastasse, o grupo ainda possui quatro indústrias de colchões e estofados. Para Viviane, a expansão traz com ela o maior desafio: crescer mantendo a cultura organizacional. “Temos muitas pessoas chegando. Para manter todos no mesmo clima, apostamos em filmes, comunicação visual e, especialmente, no diálogo”, afirma.

     

    Depois de um ano…

    Bonificação por tempo de serviço

    O funcionário que está há tempos na Gazin também tem uma responsabilidade ambiental. Para comemorar uma década de trabalho, o colaborador escolhe um tipo de árvore (que pode ser frutífera como manga e amora, ou pau-brasil) e a planta no parque da empresa. A fotografia é divulgada e o RH depois paga uma bonificação, dependendo do tempo de empresa:

    10 anos ou 15 anos  1 mil reais
    20, 25 ou 30 anos  2 mil reais
    [fbcomments]