Candidatos fora da caixa

0
457
Desafio PUC-PR / Crédito Divulgação

Eu quero trabalhar na PUC, porque a PUC é o meu ideal, pode ser para servir cafezinho, mas prefiro comunicação social.” Esse é o refrão da música de apresentação pessoal do candidato Luís Gustavo Fonseca de Oliveira que chamou a atenção dos recrutadores da vaga de marketing digital da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). No videoclipe da canção, de uma maneira criativa, Luís Gustavo descreve sua formação e habilidades.

 + Divulgação
Para apresentar a empresa, a equipe responsável pela vaga elaborou um vídeo de três minutos em que cada colaborador falou sobre o ritmo de trabalho e as características que o novo colega precisaria ter. Além disso, vinte e dois web cards com mensagens que traduzem o espírito da equipe foram compartilhadas no Facebook, Twitter, LinkedIn e Google. A descontração foi o tom da campanha

A maneira inusitada fez parte de um processo seletivo inovador da instituição de ensino. A novidade veio da necessidade de encontrar um profissional para vaga de marketing digital com um perfil criativo, otimista e capaz de conversar com os universitários pelos meios digitais com naturalidade — o expert seria responsável pela inserção da marca PUC-PR nas redes sociais.

Ademais, na agenda do processo seletivo, outra pauta despontava: desconstruir a imagem preconcebida de que a empresa, por ser uma instituição católica, realizava apenas campanhas sisudas, longe do perfil de seus alunos. “Ser católico não significa ser tradicional. Somos uma instituição religiosa que é moderna e quebra barreiras”, afirma o diretor de marketing da instituição, Stephan Younes.

Proposta
“Para garantir a vaga, o candidato teria de apresentar suas habilidades e formação de uma forma surpreendente. “Pode ser qualquer coisa: um podcast, um vídeo, um salto de paraquedas, um texto criativo no Twitter ou um álbum de figurinhas animadas. Para o formato não existem regras”, ressalta André Queiroz em vídeo de divulgação do processo seletivo.

A PUC-PR recebeu a inscrição de 43 candidatos; destes, 13 foram selecionados para a segunda fase da seleção, na qual eles enviaram o plano de uma campanha digital com o tema “55 anos da PUC-PR”. Seis foram selecionados para apresentar a campanha pessoalmente e participar de entrevista com o diretor de marketing.

“No geral, com esse processo, conseguimos visualizar melhor a capacidade do candidato do que a partir de um currículo e em uma entrevista tradicional”, explicou Younes. Os resultados foram tão positivos que além de encontrar Luís Gustavo para a vaga mencionada, contrataram Bruno Oliveira para trabalhar como frila em alguns projetos. A intenção é que este formato de processo seletivo seja recorrente no departamento.

 

[fbcomments]