Gestão

Cinco dicas para minimizar os conflitos na sua empresa

Allessandra Ferreira
13 de Maio de 2014
Allessandra Ferreira
Allessandra Ferreira é diretora Comercial do Great Group

Estamos vivendo num mundo cada vez mais competitivo e inundado de informações. As pessoas nas empresas ficam tão focadas em cumprir suas tarefas individuais e às vezes esquecem que fazem parte de um organismo interdependente onde suas ações reverberam nas rotinas e atividades dos outros e vice-versa. Isso faz com que as pessoas não se sintam pertencentes a um projeto maior e desta maneira se iniciam os conflitos. Porém será que o conflito é sempre totalmente ruim?

Através de uma perspectiva diferente a respeito dos conflitos, confira cinco passos para que você consiga fazer do conflito uma oportunidade:

1- Alinhe as expectativas com aqueles que trabalham com você: Perguntar recorrentemente o que as pessoas esperam de você, do projeto que você está responsável ou de uma ação específica ajuda a se criar um momento onde as partes podem antecipar situações e desejos que normalmente achariam obvio, mas que na maioria das vezes não é. Pois o óbvio só é óbvio para quem o acha.

2- Aumente os vínculos afetivos com sua equipe: Quando falamos em afeto no ambiente profissional a principio soa estranho, porém necessitamos de afeto em qualquer situação. No trabalho as forma mais simples de demonstrar afeto são cumprimentar as pessoas ao chegar e ao sair, pedir por favor, dizer obrigada, se desculpar quando necessário, pedir licença. São todos aqueles simples aprendizados que tivemos na primeira infância, mas que por vezes ignoramos.

3- Prepare bem seus feedbacks negativos antes de compartilhá-los: A primeira coisa desta preparação é verificar a maneira mais eficiente de demonstrar sua intenção, falar do seu propósito de contribuir para o desenvolvimento de quem irá recebê-lo, falar do quanto você reconhece de pontos positivos a respeito dele antes de apontar a ponto frágil. Faça uma lista que tenha pelo menos uma qualidade da pessoa para iniciar a conversa e uma característica que endosse o porquê você confia na capacidade de melhoria desta pessoa.

4- Cuide para que todos se sintam parte dos projetos, mesmo nos quais não atuam: Trabalhe o sentimento de inclusão de todos os membros do grupo fazendo reuniões semanais para atualizar as novidades, os desafios e as conquistas, assim todos terão a oportunidade de sugerir e comemorar em conjunto.

5- Reconheça os potenciais e limitações das pessoas com quem se relaciona: Conhecer as principais características das pessoas com quem você trabalhar ajudará para que o ajude a superar os desafios mediante suas dificuldades e até com planos preventivos para lidar com elas. Além de poder estimular para que cada um utilize aquilo que tem de melhor a favor de aumentar sua performance e, consequentemente, seus resultados.

#L# Utilizando estas sugestões, você atenderá as necessidades básicas para que as pessoas substituam os conflitos por discussões produtivas e bem intencionadas, pois não precisarão competir ou demonstrar superioridade, afinal elas fazem parte do mesmo time.

Todas as sugestões acima são simples para se aplicar e devem começar agora a fazer parte da sua vida. Afinal, você merece ser feliz em qualquer situação da sua vida, até nas aparentemente difíceis. Comece agora e aproveite para comemorar cada conquista!

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail