Colmeia de oportunidades

0
1147

Estabelecer objetivos e saber lidar com redes digitais são premissas para estabelecer boas redes de relacionamento online

Beatriz Garcia fala sobre o trabalho em rede

Trabalhar em rede é um assunto muito em voga e ganhou exponencialidade com o advento das redes sociais. Mas o que é exatamente isso? Como empresas e indivíduos se beneficiam com esse processo. Beatriz Garcia, sócia da Hazi Consultoria, respondeu essas e outras questões conectadas ao tema na palestra “Redes de Relacionamento -Como Gerencia-las e Sustenta-las”

“Hoje em dia não é uma questão de escolha, todo profissional precisa fazer networking”. A frase acordou a plateia do Conarh 2017, às 8h45, horário programado para a última rodada de palestras simultâneas do evento.

Para Beatriz, que também é professora da FDC, vivemos num mundo hiperconectado e precisamos tirar proveito disso. “Não há mais espaço para trabalharmos em silos. As respostas às inúmeras adversidades do negócio podem ser encontradas na rede de contatos e abre inúmeras oportunidades de inovação”.

Na concepção da professora, a rede é um conjunto de nós (pessoas) e elos (conexão de informações). Portanto, trabalhar em rede facilita a conexão entre esses dois mundos. Mas para garantir a assertividade desse processo é preciso ter a clareza do objetivo. “Se a pessoa ou empresa quer vender produtos pelo Instagram, o número de pessoas desta rede precisa ser grande. Mas se alguém quer solucionar um problema técnico da produção na fábrica, essa rede não precisa ter muitas pessoas, necessita sim ter profissionais técnicos para debater o assunto”, ressaltou.

Todavia, ponderou Beatriz, a rede pode ser usada para o bem e para o mal. A professora citou o poder de influência das redes terroristas na internet. “Temos de lembrar que os pilares de sustentação das redes são as pessoas. São elas que escolherão como vão usá-las”. Por isso, de acordo com Beatriz, é importante que a área de RH forneça treinamentos específicos sobre trabalho em rede para seus colaboradores. Assim, as organizações aproveitarão a colmeia de oportunidade conectadas à Internet.

SHARE
Previous articlePreparar -se para o futuro
Next articleDicas para retenção de talentos na sua empresa
Foi subeditora de "MELHOR - Gestão de Pessoas" e hoje é colaboradora. Sua última empreitada antes de escrever sobre gestão de pessoas foi na área de comunicação corporativa, o que lhe rende até hoje boas pautas e impressões sobre este universo.
[fbcomments]