Com o pé no acelerador

    0
    173

    Diversos eventos marcaram o ano de 2010 para executivos e líderes de RH de grandes empresas. Para fugir do convencional, o Segmento RH Corporate – clube de negócios voltado para líderes e executivos de recursos humanos – realizou a Clínica de Golfe, o Jazz & Tasting, o Jantar Í s Escuras e o Gourmet, experiências únicas, que estimularam todos os sentidos e promoveram o autoconhecimento e o networking. E para fechar o ano, o clube apostou no automobilismo. Com o tema On Road, o evento, patrocinado pela Ticket e pela Amil, aconteceu em 30 de novembro no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

    Os convidados foram recebidos em um dos boxes do autódromo e, após um café da manhã, assistiram a uma aula teórica, em que os instrutores da Alpie Escola de Pilotagem orientaram sobre o carro, equipamentos, normas de segurança e sinalizações importantes. Depois disso, munidos de macacão, sapatilhas especiais, luvas e capacete, foi a hora de dar uma volta de reconhecimento da pista e, por fim, assumir a direção no autódromo palco de grandes campeonatos mundiais como a Fórmula 1 e Stock Car. Pilotando um carro de fórmula profissional, os executivos puderam experimentar, durante cerca de 30 minutos, uma sensação que poucos já sentiram. “É muito emocionante acelerar num autódromo tão cultuado pelo automobilismo, percorrer os mesmos caminhos, curvas e retas decisivas na vida de tantos pilotos e ídolos da Fórmula 1!”, afirmou Luiz Felipe Bay, diretor de RH da Droga Raia. Para Michaella Amarante, gerente de RH da Avianca, o evento foi uma experiência inesquecível, desafiante e perfeita para o fechamento do ano com colegas de RH. “Estaremos juntos em 2011!”, garantiu a gerente.

    E mais que realizar um sonho de infância ou proporcionar experiências diferentes, o evento ajudou a reforçar conceitos muito vivenciados por todos, seja nos momentos de lazer ou no dia a dia corporativo. “Uma experiência simplesmente fantástica. A sensação de liberdade misturada com a adrenalina de uma competição estimula a constante busca em ser melhor”, descreveu Alexandra Bernardo, analista sênior de RH da Knorr-Bremse.

    [fbcomments]