Gestão

Como engajar e reter melhor seus talentos

Juliane Yamaoka
1 de agosto de 2014
Juliane Yamaoka, gerente Geral da Efix
Juliane Yamaoka, gerente Geral da Efix

A retenção de profissionais e o engajamento destes com a empresa estão fortemente ligados à valorização das pessoas, que são motivadas pelo reconhecimento e participação na empresa. A falta de um modelo de gestão de talentos adequado pode afastar o funcionário, fazendo com que ele se sinta apenas como mais um membro da empresa e não como parte fundamental para o sucesso e crescimento da companhia.

Quando motivados e engajados, os funcionários percebem um sentido no seu trabalho, o que aumenta sua satisfação e sua contribuição para a organização. A necessidade de ter pessoas conectadas com o trabalho, apresentando resultados positivos e satisfatórios depende também da maneira como a empresa se posiciona e se relaciona com seus colaboradores, proporcionando satisfação aos membros da equipe para mantê-los comprometidos com o trabalho e dentro da empresa.

Porém, de nada adianta oferecer planos de carreira, montar pacotes de benefícios ou programas de desenvolvimento profissional se o relacionamento entre as pessoas no dia a dia da empresa é um fracasso. Não adianta apenas inserir mecanismos de atração e motivação se a empresa peca pela falta de competência da liderança ou se os funcionários precisam lidar com situações que estão fora de suas responsabilidades e atribuições.

A retenção de talentos é um fator-chave para a empresa não perder os investimentos feitos em capacitação. Quando falamos de funcionários engajados, falamos também do valor e significado que este profissional representa dentro da empresa em suas atividades. A empresa que envolve seus funcionários nas decisões, escuta sugestões e estimula a criação de ideias tem maiores chances de reter seus colaboradores.

É fundamental que os funcionários percebam que fazem diferença na empresa e que suas opiniões também são levadas em consideração na tomada de decisão. Confira algumas dicas que podem ajudar na retenção dos seus colaboradores:

1. Conheça seus colaboradores: o colaborador não quer apenas salário ou benefícios, quer ser reconhecido. Conheça as habilidades e talentos individuais de cada colaborador e participe do seu desenvolvimento;

2. Desenvolva projetos desafiadores: permita que seus colaboradores participem no desenvolvimento de projetos dentro da empresa com maior autonomia. Apresente tarefas desafiadoras que os permita pensar “fora da caixinha“;

3. Escute sugestões: deixe que os funcionários participem de decisões importantes dentro da empresa. Ele pode ter boas ideias ou sugestões para melhorar a qualidade e otimizar o trabalho;

4. Melhore o ambiente de trabalho: é necessário fazer da empresa um ambiente agradável e prazeroso. Estimule outros tipos de atividades dentro da empresa como a prática de exercícios físicos ou atividades de lazer;

5. Seja flexível na contratação: aposte nos talentos que já estão dentro da empresa, proporcionando melhorias e valorização da carreira do profissional.

#L#
Uma empresa de alta performance é composta por grandes talentos. Haverá maior vantagem competitiva nas organizações que decidirem se estruturar atraindo, desenvolvendo e retendo seus talentos. É importante ressaltar que benefícios e renumeração são apenas partes dos fatores determinantes para se reter um funcionário, há outros fatores menos tangíveis, de cunho cultural e de relacionamento, que podem ser até mais importantes.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail