Como lidar com pessoas difíceis

16 de Janeiro de 2012

A Coleção Gestão Inteligente da editora Senac Rio traz diversos títulos relacionados com questões importantes no dia a dia dos gestores de pessoas. Separamos para os leitores de MELHOR alguns trechos do livro Pessoas Difíceis: aprenda a trabalhar de maneira eficaz com chefes, colegas e clientes temperamentais, do autor John Hoover. O livro apresenta diversas dicas sobre como entender cada perfil de “pessoa difícil” e, com base no conhecimento de pessoas que atuam na área de recursos humanos, busca ajudar os leitores a lidarem com pessoas difíceis no ambiente de trabalho.


Antes de tudo, faça uma autoavaliação. Como é o seu estilo de trabalho? Responda ao questionário a seguir e descubra.


Seu estilo de trabalho
Assim como a personalidade de cada um é diferente, as maneiras de lidar com as diversas situações no ambiente de trabalho variam de pessoa para pessoa. Responda Í s perguntas a seguir com a maior honestidade possível, pensando somente na forma como você se comporta nas situações descritas, e não como pensa que deveria agir.


1 Quando o elevador está lotado, eu
a.
forço minha entrada;
b. forço minha entrada apenas se estiver com pressa; ou
c. recuo e espero o próximo elevador, preocupado com o tempo que estou perdendo.


2 Quando tenho algo a dizer em uma reunião, eu
a.
falo livremente;
b. levanto a mão e peço permissão para falar; ou
c. falo somente quando se dirigem a mim, de outro modo não manifesto minhas opiniões.


3 Quando encontro colegas em meio a uma conversa no saguão, eu
a.
começo a participar, seja qual for o assunto;
b. paro e ouço, mantendo-me no limite da área; ou
c. não paro para ouvir.


4 Quando passo pela sala de meu chefe, eu
a.
faço questão de dizer “oi”;
b. aceno somente se ele acenar primeiro; ou
c. evito fazer contato visual com ele.


5 Quando meu chefe dá uma passada em minha área de trabalho, eu
a.
cumprimento-o calorosamente e começo imediatamente uma conversa sobre trabalho;
b. pergunto “Sim?” (como quem diz “Por que você está aqui?”) e respondo apenas a perguntas específicas que ele faça; ou
c. escapo de minha área de trabalho e me escondo no banheiro.


6 Quando um subordinado me pede que lhe explique algo, eu
a.
agarro a oportunidade de promover um minisseminário e o transformo em um momento de ensino de qualidade;
b. forneço-lhe as melhores informações que neu tiver ou recomendo alguém que saiba responder; ou
c. escapo de minha sala e me escondo em um canto até que a área esteja limpa.


7 Quando meu chefe me pede para explicar algo que aconteceu, eu
a.
agarro a oportunidade para lançar novas ideias e recontar meus últimos triunfos;
b. forneço-lhe uma resposta breve, mas completa, ou recomendo outra pessoa que possa entender do assunto; ou
c. ligo para o trabalho avisando que estou doente.


#Q#


8 Quando alguém no trabalho rouba minhas ideias e as apresenta como suas, eu
a.
peço satisfações a essa pessoa e faço com que o chefe saiba que as ideias partiram de mim;
b. avalio se o plágio do meu colega está me custando algo e traço um plano para obter algum reconhecimento, caso tenha uma importância suficiente; ou
c. passo por cima, esqueço a ideia e tenho a esperança de que, na próxima vez, meu chefe apareça e solicite minhas ideias diretamente.


9 Quando alguém no trabalho me irrita me assediando ou me dando ordens, eu
a.
enfrento essa pessoa cara a cara e dou um basta em seu comportamento;
b. encontro uma razão aceitável para fazer tudo o que está sendo pedido ou uma parte, de modo que eu não me sinta um capacho; ou
c. faço o que foi pedido para evitar o risco de um confronto.


10 Quando uma pessoa fica andando Í  toa na minha área de trabalho e me segue a todos os lugares, incluindo o banheiro, eu
a.
mando-a sair do meu espaço e a ameaço com conseqͼências, se ela não obedecer;
b. acolho-a até certo ponto e depois me desculpo dizendo que tenho de trabalhar; ou
c. coloco-a “sob minha asa” e lhe dou o tempo e a atenção que ela quer, ainda que isso prejudique meu próprio trabalho.





Pontuação
Atribua 1 ponto para cada resposta A, 1 ponto para toda resposta B e 0 ponto para as respostas C.


Análise


15-20
Tipo assertivo.
Você lida com os problemas com segurança e confiança e espera ser eficaz. Frequentemente é o líder de sua equipe de trabalho, do time de futebol ou do comitê ad hoc.


8-14
Tipo cooperativo.
Você é menos agressivo, mas leva suas responsabilidades a sério. Apesar de atuar como líder do grupo, busca o envolvimento de outras pessoas.


1-7
Tipo passivo.
Sua opção é realmente não lidar com ninguém, a não ser que seja obrigado. Não gosta que lhe peçam para fazer nada fora de sua zona de conforto. Em vez de liderar, prefere ficar fora da linha de fogo, onde possa realizar seu trabalho.



Leia mais:


> Dicas valiosas – Como administrar uma pessoa difícil


 

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail