Conquista relevante

Leyla Nascimento
5 de novembro de 2013

Neste mês, temos um grande motivo para comemorar: o status associativo à Organização das Nações Unidas (ONU). Somos a única entidade de recursos humanos, no mundo, a alcançar essa conquista. Isso nos enche de muito orgulho e, ao mesmo tempo, aumenta a nossa responsabilidade. Esse stauts sela a seriedade dos programas e dos projetos em favor da melhoria das condições de vida, da preservação do planeta e, também, das relações entre pessoas e empresas. Embora não possamos falar em nome das Nações Unidas, temos agora, mais do que nunca, voz oficial na disseminação das principais propostas daquela entidade, incentivando nossas seccionais a abraçarem causas da ONU ou o calendário temático da organização em seus projetos. Por exemplo: 2013 é o Ano Internacional da Água, 2014 será o Ano da Agricultura Familiar.

Outra missão que cada vez mais levaremos adiante é aproximar as Nações Unidas da área de recursos humanos. Acreditamos que nós, profissionais de RH, temos um papel extremamente importante na condução de mudanças dentro das empresas que podem, por sua vez, impactarem demais setores da sociedade – a partir, apenas para ilustrar, da própria família da pessoa.

A disseminação e o fortalecimento de valores, a preocupação com a formação da mão de obra, não apenas em questões técnicas, mas mais abrangentes, de cidadania, são algumas das missões que se encontram em nosso radar e que se alinham com os anseios da ONU. Isso sem contar no auxílio para a efetiva implantação de uma economia verde.

Um grande passo nesse sentido foi dado ano passado durante a Rio+20 & Você, quando organizamos, em parceria com o Instituto Humanitare, os quatro painéis da Cúpula Mundial Green Jobs – que geraram um relatório para os debates principais da conferência Rio+20.

Ações com essa foram avaliadas por uma série de organizações que, então, elaboraram cartas de referência sobre o nosso trabalho. Esse processo de avaliação foi uma das etapas para conquistarmos esse status. Cada uma dessas entidades ratificou nosso esforço e os resultados dele em benefício das comunidades, da transformação social pela educação social. Esse ponto é importante destacar, pois agora mais do que nunca teremos também de ampliar o olhar sobre nossa realidade local – em outras palavras, como podemos ajudar na busca do equilíbrio dos aspectos econômico, social e ambiental. Espero que a ampliação da presença da ABRH-Nacional para além de nossas fronteiras sirva de exemplo para que nossos profissionais de recursos humanos possam ir além em seu dia a dia, mostrando a força plena que a área possui para a transformação do planeta.

 

 

 

Leyla Nascimento
Presidente da ABRH – Nacional

Reprodução

 

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail