Gestão

Contraproposta é prática comum em 74% das empresas

Divulgação
6 de junho de 2014

A contraproposta, prática em que a empresa oferece uma promoção ou aumento ao profissional no momento em que ele pede demissão, é uma iniciativa comum em 74% das empresas brasileiras. Conhecida como uma iniciativa emergencial de retenção, a contraproposta também é utilizada por 71% das companhias globalmente, de acordo com pesquisa da Robert Half realizada com 1.000 diretores de Recursos Humanos de oito países.

#L# O levantamento indica que a contraproposta é o principal motivo utilizado pelos profissionais para recursar uma oferta de trabalho, de acordo com 27% dos diretores de RH brasileiros. As demais razões são a proposta de outra empresa (25%), oferta abaixo da remuneração/benefícios (24%), pouca aderência à cultura da organização (14%), responsabilidades do trabalho inadequadas à expectativa do candidato (7%) e longa distância (3%)

A pesquisa ainda mostra que o Brasil é o país em que os profissionais mais se tornaram propensos a recusar uma oferta de trabalho nos últimos três anos, segundo 63% dos diretores de RH. Na média global, o índice é de 41% e há países como a Itália em que 80% dos entrevistados afirmaram que os profissionais não estão mais propensos a declinar propostas de emprego.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail