Dá para inovar em gestão de pessoas

26 de Abril de 2012

> Que a inovação é um dos pilares da competitividade no mundo dos negócios não há dúvida. Fugir dos padrões, romper barreiras, buscar novas respostas e surpreender positivamente são, hoje, uma exigência do mercado. Mas o conceito não pode, nem deve, ficar restrito a novos produtos ou serviços. A inovação, assim como a sustentabilidade, é transversal, passando, portanto, por todas as áreas da organização. E a inovação em gestão de pessoas será um dos grandes temas do CONARH ABRH 2012, maior evento de gestão de pessoas da América Latina, que vai acontecer 13 a 16 de agosto, no Transamerica Expo Center, em São Paulo. Antonio Salvador, vice-presidente de RH da HP do Brasil e integrante do comitê de criação do congresso, faz algumas provocações sobre o assunto. Confira.

Como a inovação em RH será debatida no CONARH?
ANTONIO SALVADOR – As organizações perceberam que, depois de processos, sistemas e tecnologias, agora, a barreira da competitividade a ser vencida é a humana, ou seja, saber como capacitar, desenvolver, motivar pessoas. Outro aspecto é a competitividade mundial. Atualmente, quando a gente fala em inovação, não se refere mais ao que as empresas do Rio de Janeiro estão fazendo de diferente versus as de São Paulo. É o Brasil competindo com a China, com a Índia. Portanto, precisamos conhecer o que as empresas do mundo inteiro estão fazendo em termos de inovação. Nossa ideia é levar ao congresso um número expressivo de palestrantes internacionais que tratem disso.

O que faz um RH ser inovador? A empresa em que ele trabalha?
Na prática, nem sempre uma empresa inovadora tem um RH inovador, assim como nem sempre o RH inovador trabalha em uma empresa de inovação. Até que ponto um depende do outro é uma das discussões que estarão em pauta no CONARH.

Quais facetas da inovação serão levadas ao público?
São três. A primeira, as alternativas de modelo em que RH pode atuar para fomentar a inovação na empresa. As mudanças nos últimos anos permitem a RH se posicionar de forma diferente? Qual é o modelo ideal: centralizado ou descentralizado? Essas e outras questões serão debatidas. Outro aspecto é o tecnológico, até porque é difícil falar de inovação sem falar de tecnologia, notadamente as mídias sociais. E o terceiro refere-se aos jovens inovadores: a área de RH atrai esses profissionais? Quais são os bloqueios da área para a inovação? Será que ela é receptiva à inovação? Nesse sentido, vamos levar ao público a visão do novo, dos jovens da geração Y, de jovens executivos. Queremos provocar uma visão aberta, “incomodar” e discutir sobre como fazer para que RH seja uma porta de entrada para a inovação nas empresas.

Sua carreira é marcada por atuação em companhias como a Promon Tecnologia, PWC, IBM e, agora, HP, que têm a inovação como palavra-chave do negócio. Isso influenciou a sua visão sobre RH?
Duas coisas me ajudaram a ter um olhar diferente. Uma delas é, sem dúvida, atuar em empresas que têm a inovação em sua essência. A outra foi ter passado parte da minha carreira do outro lado da mesa, não como RH, mas atuando na área de negócios das empresas. Isso me trouxe uma experiência maior e diferenciada para ter uma visão inovadora. Por isso, costumo dizer aos jovens de RH para também terem essa experiência. Dentro das organizações, RH presta consultoria para as outras áreas, e eu só posso prestá-la se entender do negócio. Tanto é que, hoje, o profissional de RH é chamado para ir além das fronteiras e atuar, também, em governança corporativa, educação e outras áreas da empresa.


 

> Novas confirmações

Julio Vasconcellos, CEO e presidente do Peixe Urbano, empresa pioneira no Brasil no segmento de local commerce, confirmou a participação como palestrante no CONARH 2012. Outro destaque recentemente confirmado é o norte-americano Marc Rosenberg, especialista nas áreas de treinamento e aprendizagem, e-learning, gestão do conhecimento e melhoria do desempenho e autor de livros como Além do e-Learning (Editora Qualitymark).


 

Mais informações e inscrições:
www.abrhnacional.org.br
congressista2012@abrhnacional.org.br
Tel. (11) 3124-8860

 

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail