Descontração para o alcance das metas

0
557

O estímulo à prática de exercícios físicos e de uma alimentação saudável, a organização de idas a shows e teatros, a possibilidade de home office e uma cultura de comemoração, que inclui desde festinhas de aniversários até viagens aos EUA para comemorar o alcance de metas. Esses são alguns exemplos do que a Acesso Digital, especializada em digitalização e gerenciamento eletrônico de documentos, oferece a seus funcionários. Não é à toa que a companhia foi eleita uma das melhores empresas para trabalhar do país, nas categorias qualidade de vida, celebração, melhor RH (de pequenas e médias empresas nacionais) e camaradagem.

“Procuramos olhar todos os seres acesso [como são chamados os funcionários da empresa] a partir de uma perspectiva dos fatores: bem-estar; aspecto profissional; lazer; relacionamento social; saúde; desenvolvimento; e experiências. Nossa estrutura de gestão vem ao longo do tempo se desenvolvendo a partir deles com o intuito de fortalecer cada vez mais os funcionários como indivíduos, pessoas, e não apenas como profissionais”, enfatiza Paulo Alencastro Júnior, diretor de RH da empresa.

Com 116 funcionários nas unidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre e Recife, uma das ações da empresa que se destaca na categoria qualidade de vida é o Programa Ser Saudável, criado após a percepção de que a maioria dos profissionais se alimentava mal e era sedentária, apesar de a média de idade ser de 30 anos. Os funcionários que se inscrevem no programa saem juntos do escritório às segundas e quartas-feiras para caminhadas, corridas ou circuito de exercícios, sob a orientação de dois professores de educação física. Já o estímulo à manutenção de hábitos alimentares saudáveis é garantido com a oferta de um cardápio no escritório repleto de barras de cereal, iogurte desnatado, requeijão light, entre outros, e por meio de palestras periódicas com uma nutricionista. Além disso, o programa também possui verba para inscrever os profissionais em corridas de rua e para a realização de campanhas especiais: no início deste ano, por exemplo, a empresa levou os cinco corredores mais disciplinados do grupo para participarem da Meia Maratona Disney, em Orlando, nos EUA. Para aqueles que gostam de esportes radicais, a Acesso Digital promove ainda um sorteio e a cada dois meses realiza para cinco profissionais um evento como salto de paraquedas, rafting ou passeio de balão.

Outras ações que se destacam em qualidade de vida são a oferta de uma locadora gratuita de DVDs dentro da empresa, de sessões de massagem de 20 minutos realizadas por duas profissionais toda segunda-feira, de uma verba de 150 reais a todo profissional recém-contratado para a decoração de sua estação de trabalho e um serviço de manicure gratuito para as mulheres, uma vez por semana, dentro da empresa.

Agora, o que está presente mesmo na essência dessa empresa fundada em 2007 é a comemoração, que tem até verba e orçamento próprio. Quando a organização conquista mais um cliente, por exemplo, a equipe comercial festeja com um “buzinaço”. Já a conquista de objetivos traçados ou a lembrança de fatos marcantes da história da empresa merecem festas em grande estilo. “Sempre que possível, tudo é comemorado, de aniversários do mês com uma festa no escritório até prêmios que recebemos. Celebramos a última premiação do Great Place to Work com um show de mágico, muitos lanches e um DJ para animar nossa tarde”, conta Alencastro Júnior. “A maior celebração é feita quando alcançamos as metas e passamos uma semana nos divertindo nos EUA: já fomos para Miami, Orlando e Las Vegas.” Um dos eventos mais aguardados do ano é o que ocorre no dia 23 de maio, data de aniversário da empresa. No ano passado, a companhia organizou a Maluquices Coletivas, festa à fantasia que tinha como única regra a combinação de temas e personagens em dupla. “Sempre celebramos tudo dentro da Acesso! Desde os aniversariantes do mês até as conquistas de clientes, batimento de metas, conquistas de prêmios, entre outros. Tudo aqui dentro é motivo para festejarmos e fazermos uma bagunça”, conta Rodolpho Matsumoto, de 29 anos, que trabalha há cinco anos e meio na empresa.

Diante desse clima informal e descontraído, a camaradagem acaba sendo um quesito que se destaca naturalmente. Um funcionário está com vontade de fazer um intervalo no trabalho para “bater uma bola” com o colega? “Vá e jogue! Se eu me organizar com o que tenho para entregar, vou jogar o que quiser, na hora que quiser. Acreditamos que as pessoas são responsáveis e procuramos disseminar isso.

Trabalhamos voltados para resultado e por que não se divertir, se está tudo correndo bem?”, resume o diretor de RH. Para se “enturmarem”, os funcionários participam uma vez por mês do chamado Café no Bule, que é um café da manhã temático de confraternização promovido pela empresa, e ainda contam com encontros diferenciados de gênero – patrocinados pela Acesso Digital, os homens se reúnem periodicamente para partidas de futebol ou happy hours, enquanto as mulheres também participam de happy hours ou experimentam uma aula de dança, por exemplo.

A empresa criou também um programa para promover a integração entre suas equipes que ficam geograficamente distantes. O Ser Mochileiro sorteia mensalmente o nome de um funcionário para passar três dias em uma das unidades da Acesso Digital, não apenas para conhecer seus colegas, como também para fazer passeios, financiados pela companhia.

Para dar conta de todas essas atividades internas, há dois meses a organização criou uma área específica chamada Experiência. Seu principal objetivo é suprir as necessidades dos funcionários a partir do desenvolvimento de programas internos de motivação. Matsumoto, que agora está à frente dessa nova área, acredita que a satisfação dos funcionários e a descontração no local de trabalho são essenciais para bons resultados. “Acredito que o ambiente transparente e descontraído é um dos fatores que nos tornam a melhor empresa para trabalhar. Todos se tratam como amigos e de forma verdadeira. Aqui não precisamos ter ´máscaras´ e nos comportar de uma maneira diferente da vida pessoal.”

Boas práticas

Ser Saudável: programa de saúde que conta com apoio de assessoria esportiva e nutricional.

Ser Aventureiro: programa voltado exclusivamente para quem gosta de esportes radicais.

Clube do Bolinha: encontro periódico dos homens, que se reúnem para faz coisas tipicamente masculinas, como happy hour e futebol.

Clube da Luluzinha: encontro periódico das mulheres para bater-papo e fazer algo diferente, como experimentar uma aula de dança ou patinação no gelo.

Happy Hour: nas quintas e sextas-feiras após o expediente, os funcionários ocupam os espaços de convivência da empresa para trocar ideias, enquanto comem um salgadinho e tomam alguma das bebidas disponibilizadas para consumo no escritório (cerveja, espumante, refrigerante ou suco).

 

[fbcomments]