Gestão

Diário do CONARH

26 de novembro de 2013

Não foi por acaso que o CONARH alcançou uma posição privilegiada mundialmente e hoje ocupa o posto de maior evento de RH da América Latina e o segundo do planeta. Essa é uma conquista a ser dividida com todos os profissionais que, nestas 39 edições, têm compartilhado generosamente seu conhecimento e sua experiência para definir o conteúdo do congresso. E o que leva esses respeitados executivos e especialistas a abrirem mão de seu tempo para contribuir na construção do evento? Veja o que dizem três nomes pesos-pesados no campo da gestão empresarial:

Movida por causas

> VICKY BLOCH – Consultora titular da Vicky Bloch Associados, especializada em desenvolvimento de altos executivos

“Sou movida por causas, preciso sentir que estou interferindo na melhoria e na consciência das pessoas. No caso do CONARH, acredito que profissionais que escolhem cuidar das pessoas da organização, de como elas se conectam, se relacionam e se organizam, são missionários. Mais da metade da vida profissional eu me dediquei a trabalhar como consultora, e quem me deu essa chance foram as pessoas de RH. Minha participação no comitê de criação, desde 1998, é uma forma de agradecer e devolver a essa comunidade tudo o que aprendi, e ajudá-la a crescer e transformar as organizações.”

Diferencial estratégico

> LUIZ CARLOS CABRERA – Sócio-fundador da Amrop Panelli Motta Cabrera. É membro do Advisory Board da Amrop International e do America´s Council da AESC

“Considero prioritário para qualquer profissional que milite na área de gestão de pessoas a participação no CONARH, o maior evento brasileiro e um dos maiores do mundo. Não resta dúvida de que a gestão de pessoas é hoje o maior diferencial estratégico e competitivo das empresas. E todos os gestores, sem exceção, são gestores de pessoas. O CONARH é uma oportunidade única de atualização e um fórum de reflexões e inovação. Como consultor em contratação de executivos e como professor, não posso ficar fora deste evento. Nem você!”

Grupo estadista

> BETANIA TANURE – Consultora da BTA, especializada em gestão empresarial, gestão de cultura e liderança

“Não há como construir uma sociedade melhor e mais justa se as organizações não assumirem o papel de propulsoras do desenvolvimento. Nesse sentido, é singular a responsabilidade do CONARH. Algumas de nossas pesquisas revelam que a maioria dos presidentes crê que as pessoas são um diferencial competitivo. Nessas empresas busca-se a construção de uma liderança que atue de forma a fundir seus diversos papéis: o de gestor; o de dirigente; e o de dirigente estadista. Aqui está um desafiador âmbito de atuação do CONARH: criar bases para desenvolver dirigentes, equipes e empresas estadistas.”

Anote na agenda
39º Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas, de 19 a 22 de agosto, no Transamerica Expo Center, em São Paulo.

 

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail