Diário do CONARH

0
527

Em um mundo em que a constante é a mudança, entender todas as transformações por que passa a sociedade, seus impactos nas organizações e nas relações humanas são os desafios da área de gestão de pessoas. Isso exige da área e dos profissionais que atuam nela um posicionamento diferente, um olhar mais abrangente e conectado com os atores internos e externos da organização. Estes foram alguns dos pontos abordados durante encontro do comitê de criação do 39º Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas (CONARH), no início de março. Reunidos no Casagrande Hotel Resort & Spa, no Guarujá (SP), os 35 participantes foram divididos em quatro grupos, representando cada um dos eixos temáticos do congresso, e delinearam possíveis temas a serem tratados no evento.

Durante as discussões, parte de cada grupo era convidada a dar sugestões e fazer comentários sobre o conteúdo levantado pelos demais times, numa espécie de rodízio. Isso permitiu olhares diferentes e complementares a partir do tema central do congresso, Reinventando a gestão: uma construção coletiva. “A participação e o envolvimento dos membros do comitê foram um exemplo de construção coletiva”, disse Leyla Nascimento, presidente da ABRH-Nacional.

Temas de base
Confira os eixos e seus respectivos coordenadores

– Gestão das organizações
Antonio Salvador, vice-presidente de RH da HP

– Conteúdos e tendências
Lilian Guimarães, vice-presidente executiva de RH do Santander

– Desenvolvimento de RH
Claudio Neszlinger, sócio da Eteh Desenvolvimento Humano

– Gestão de pessoas
Ricardo Mota, diretor de RH da UAB Motors

 

SHARE
Previous articleEstá na Lei
Next articleRenovação forçada
[fbcomments]