Diversidade vira tema de curso para líderes na Vale

0
475

Aproveitando a data de comemoração do Dia Internacional da Mulher, a Vale lançou o seu primeiro curso online de Diversidade e Inclusão. Uma ação obrigatória para todos os líderes da empresa o curso tem como objetivo esclarecer conceitos, promover reflexões e discutir ações efetivas no tratamento do tema. O curso é uma das iniciativas ligadas ao Programa Equidade de Gênero, criado em 2011 para reconhecer e promover o talento e a capacidade da mulher sem criar um ambiente discriminatório.

O curso trata de temas de gênero e também de pessoas com deficiência, convivência entre gerações e assédio moral. Com duração de uma hora, questiona o gestor sobre como agir em situações hipotéticas e o convida a elaborar um plano de ação para difundir o tema na sua área. O curso traz amplo material de consulta, como vídeos e artigos.

“Estamos inserindo conceitos sobre equidade de gênero no conteúdo dos principais treinamentos da empresa, como a ambientação, pela qual passam todos os empregados recém-admitidos, e o curso Liderando Pessoas, obrigatório para o primeiro nível de liderança, formado por supervisores e gerentes”, explica Hanna Meirelles, gerente de Educação e Gestão de Talentos da Vale. “O objetivo é fomentar o tema na empresa para mudar o cenário da mineração, área identificada como predominantemente masculina”.
Outra ação promovida pela Vale e que faz parte da Equidade de Gênero é um programa de mentoria só para mulheres. Em sua fase piloto, o programa é realizado por 13 duplas de cinco estados brasileiros – cada dupla com uma líder menos experiente, mapeada como empregada de destaque na empresa, e uma líder mais experiente, indicada pela primeira. Desde agosto de 2013 estão sendo feitos encontros mensais entre as mentorandas e suas mentoras, com apoio de profissionais de RH. O objetivo é apoiar as mentorandas no desenvolvimento do seu potencial, por meio da identificação de seu próprio caminho de crescimento.

No ano passado, a Vale assinou a declaração de apoio aos Princípios de Empoderamento das Mulheres, elaborados pela ONU Mulheres e o Pacto Global das Nações Unidas. Com a adesão, a Vale passou a integrar um grupo de empresas e acadêmicos que conversa regularmente sobre iniciativas de equidade de gênero e reafirma seu compromisso com esses princípios.

Resultados

Mesmo que o desafio ainda seja grande, alguns resultados já são observados: o número de mulheres na empresa tem aumentado constantemente nos últimos anos. Em 2010, elas correspondiam a 11% do total de empregados próprios. Em 2011, este número subiu para 12,3%, e em 2012 para 13%, o mesmo número de 2013.

[fbcomments]