Gestão

Empresas ou marcas?

Silvio Celestino
13 de junho de 2014
Silvio Celestino
Silvio Celestino é sócio-fundador da Alliance Coaching

Nos dias de hoje, encontrar o local certo para trabalhar é um grande desafio. Por exemplo, há companhias que se dedicam exclusivamente a manter suas operações com o menor custo possível. Isso gera ambientes sem inspiração e salários miseráveis. Outras possuem muito dinheiro, mas o clima é de tanto desrespeito, que as pessoas se sentem extremamente infelizes. E praticamente todas possuem um volume de trabalho insano.

A causa disso é que a maioria das empresas não dá atenção à própria marca. E ela é uma promessa que a companhia tem de cumprir. Quanto mais a empresa for consciente e ativa no fomento e preservação da marca, maiores as chances de ter um ambiente favorável para você trabalhar.

Uma organização sem marca definida não possui valores, crenças nem propósitos estabelecidos. Em geral, degenera para somente um conjunto de estruturas e processos responsáveis pelo resultado para seus acionistas; não lhe importam clientes, funcionários e a comunidade. Por que você associaria seu nome a uma empresa dessas?

Uma boa solução é pensar no longo prazo. Há empresas que, em sites de reclamações e nas redes sociais, possuem uma reputação devastada. E isso é causado por sua própria incapacidade de fornecer os produtos e serviços de acordo com o compromisso que estabeleceram em sua comunicação com o mercado. Vale a pena trabalhar em uma empresa assim?

Por outro lado, há organizações cuja origem e história refletem conceitos muito elevados. Eles foram criados por seus fundadores e formam o verdadeiro espírito que deve permear todos que integram a empresa. E chegar de forma relevante, marcante e inspiradora aos clientes.

A maioria das pessoas está insatisfeita na empresa em que trabalha. E assim estará em qualquer lugar. Pelo simples motivo de que as pessoas não têm um propósito. E empresas têm propósitos. Quanto maior sua capacidade de identificar um para si, maior será sua chance de encontrar o lugar certo para trabalhar. Ele estará em sintonia com você.

#L# Apple, Virgin, Four Season Hotels e Harley Davidson são exemplos de empresas com propósitos elevados. Elas cuidam de suas marcas e fomentam seus conceitos de forma constante e cuidadosa. E já passaram por bons e maus momentos. Mas, ao aceitar os erros e aprender com eles, voltaram a entregar a promessa da marca e se recuperaram. Afinal, elas inspiram muitas pessoas.

É essa inspiração que você deve procurar, primeiro em si mesmo e depois no local de trabalho. Pois você também é uma marca. E toda marca é uma promessa que tem de ser cumprida. Escolha as companhias que sejam mais favoráveis para estabelecer esse compromisso. É ele que deverá ser a razão de sua existência e de seu sucesso.
Vamos em frente!

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail