Equipe brasileira conquista 2º lugar na WorldSkills Competition

Soimpex recebeu alunos do Senai para treinamentos em equipamentos entre julho e agosto de 2017

Da Redação
21 de novembro de 2017

O Brasil se manteve na elite da educação profissional do mundo na 44ª edição da WorldSkills Competition. A Delegação Brasileira de Profissionais do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) recebeu o apoio das empresas Soimpex, especializada em soluções e serviços de importação e exportação de equipamentos, e Sotreq, provedora de soluções, produtos e sistemas Cat® no Brasil, e conquistou o 2º lugar geral na competição.

A equipe brasileira alcançou 34.901 pontos, ficando atrás apenas dos russos que alcançaram 35.461 pontos. Realizado entre os dias 15 e 18 de outubro, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, trata-se de um torneio tradicional na área de aprendizagem industrial que ocorre a cada dois anos. Na WorldSkills Competition, participantes de mais de 60 países enfrentaram desafios das profissões que foram cumpridos dentro de padrões internacionais de qualidade.

Sucesso garantido
Em 2015, o evento foi realizado no Brasil pela primeira vez, em São Paulo (SP), e a equipe nacional ficou em primeiro lugar no ranking de medalhas. Para fortalecer ainda mais a participação brasileira nesta edição, a Soimpex recebeu, entre junho e agosto, parte da Delegação Brasileira de Profissionais do Senai na filial de Serra, no Espírito Santo.

Nas instalações da organização, os alunos tiveram a oportunidade de realizar treinamentos de eletroeletrônica, hidráulica, gerenciamento eletrônico de motores e pré-inspeção. Essa é a segunda vez que a Soimpex apoia a participação dos alunos do Senai na competição.

Para Valeska Sily Vasconcellos, gerente comercial da Soimpex, a parceria, além de capacitar o participante para obter um bom resultado na competição, valoriza o segmento no Brasil e no mundo. “É um grande ganho de informações e um enorme prazer dar suporte para o Senai nesse evento”, conclui.

“É importante para a Sotreq manter um contato direto com o Senai, apoiando e trocando experiências, pois muitos dos operacionais que trabalham hoje na organização realizaram cursos técnicos profissionalizantes na entidade”, afirma Claudiney Melo, da Área de Treinamento Corporativo da Sotreq.

Já de acordo com Bruno Luiz Ayres de Abreu, Instrutor de Formação Profissional II do SENAI, participar do torneio mostra a ,

capacidade dos profissionais brasileiros em resolver qualquer problema ou desafio de igual para igual com países de ponta. “A união entre Senai, Soimpex e Sotreq é de suma importância, pois todas as máquinas do evento eram Cat® e muitas delas não são fabricadas no Brasil, logo, treinar na Soimpex é uma excelente oportunidade de conhecer equipamentos importados com tecnologia de ponta”, conclui.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail