Exemplos diários

    0
    2718

    Para que um processo de transformação ganhe fôlego e consiga mudar corações e mentes é preciso ter como início pequenas atitudes. Pequenas, porém decididas, exemplares. Pensar em um mundo melhor é fazer da própria vida algo melhor para si e para quem está à sua volta. Com o tempo, é possível levar esse clima de mudança positiva para o resto do bairro, para a empresa e assim por diante.

    Quando percebemos que cada vez mais as pessoas buscam um propósito em seus trabalhos, alinhando seus desejos aos da organização, temos a certeza de que o mundo corporativo está pronto para ser semeado por novas e boas ideias e iniciativas. E as empresas, por sua vez, poderão irradiar essa transformação para outras áreas – em busca de um mundo melhor.

    Um exemplo que elas nos dão são os chamados intraempreendedores sociais, profissionais talentosos que identificam oportunidades de negócios ao mesmo tempo que criam condições de desenvolvimento e de melhoria de vida de comunidades no entorno da companhia (ou até longe dela).

    Além disso, presenciamos a ascensão das chamadas carreiras verdes. São elas resultado da transformação por que passa a economia mundial a partir de questões como aquecimento global e escassez de recursos naturais, por exemplo. E são elas a ponta de lança da “ecologização” de cada uma de nossas carreiras. Tudo para um futuro melhor e sustentável.

    Por essa razão, implantar a carreira verde, dentro de políticas normatizadas, em cada país, é uma forte preocupação da Organização das Nações Unidas (ONU) e da qual nós, da ABRH-Nacional, profissionais de RH e gestores de pessoas, não podemos nos furtar. É com o nosso exemplo diário que sensibilizaremos as demais lideranças empresariais e, por que não, governamentais para entenderem que ao tratar de economia verde e trazerem isso para si estarão contribuindo para o resultado não só da empresa, mas também do país e do planeta. Não se trata somente de uma mobilização do governo. É uma mobilização da sociedade.

     

    Leyla Nascimento
    Ex-presidente da ABRH – Nacional

    Reprodução

     

    [fbcomments]