Saúde

Fatores externos agravam estresse patológico entre executivos

Divulgação
18 de julho de 2014

Uma pesquisa realizada pela Vita Check-Up Center, especializada em check-ups para executivos, mapeou o nível de estresse de mais de 12 mil executivos (72,7% do sexo masculino e 27,3% do feminino), constatando que 44% de homens e mulheres apresentam níveis três e quatro de estresse, considerados patológicos. Apenas 0,4% dos exames aponta grau zero nesse índice.

Para o diretor do Vita Check-Up Center, Antonio Carlos Till, além de fatores internos como a cobrança diária para resultados de máxima produtividade e a constante busca pela inovação, atualmente observamos que elementos externos também contribuem significativamente para esta incidência tão alta. “Fatores externos como a violência urbana – importante desencadeadora de emoções como pânico, ansiedade, intranquilidade, insegurança – e os longos congestionamentos (que acarretam consequências à saúde tais como elevação da pressão arterial, lombalgias, dores musculares generalizadas, alterações posturais, má circulação das pernas, etc.) influenciam fortemente a saúde dos executivos. Além disso, a perda de tempo diária, com sofrimento de várias horas desperdiçadas no trânsito, dificulta a prática regular de exercícios”.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail