Fazer com mais eficiência

0
489
Mobilidade no trabalho / Crédito: Shutterstock
Crédito: Shutterstock

Para os trabalhadores “móveis” dos dias de hoje a produtividade é definida mais em termos de “conseguir” e menos em termos de “fazer”. Ou seja, os usuários de smartphones valorizam recursos e funcionalidades com os quais podem ter mais controle, impacto e cada vez mais sucesso. Esse é um dos resultados de um levantamento divulgado recentemente e feito pelo instituto de pesquisa GfK com parceria da BlackBerry Limited, empresa mundial de comunicações móveis.

Em vez de só riscar itens numa lista de tarefas, ser produtivo hoje significa criar, de forma consciente, mais tempo para se concentrar naquilo que importa. Segundo o estudo, 67% dos usuários corporativos de smartphones disseram que estavam “sempre em busca de aumentar a produtividade”, e 69% estão “na busca constante de novas maneiras de fazer o que precisam com a maior eficiência possível”. Quando se trata de concluir tarefas, “só fazer” não é mais suficiente: 65% dos usuários de smartphones para trabalho dizem que é importante “marcar sua presença” no resultado de seu trabalho e obter uma sensação de realização maior no que fazem.

Produtividade
O estudo foi encomendado pela BlackBerry e realizado de forma independente pela GfK, com mais de 9.500 participantes em 10 países e empresas de todos os portes, desde pequenas e médias a grandes multinacionais. Entre os participantes estão usuários de diversas marcas de smartphones, revelando diferenças bastante claras na forma como os usuários avaliam a produtividade.

“Os smartphones transformaram a maneira como fazemos negócios e nos comunicamos com amigos e familiares. Hoje, queremos ser mais produtivos e contribuir com o trabalho, com nosso círculo pessoal mais próximo e com a sociedade como um todo”, afirma John Chen, presidente executivo e CEO da BlackBerry.

“Na BlackBerry, nos concentramos em satisfazer as necessidades de profissionais móveis oferecendo soluções móveis que permitem que eles trabalhem de forma mais inteligente, colaborem de maneira otimizada e obtenham melhores resultados.”

As prioridades de realização e equilíbrio diferem de uma pessoa para outra, mas os temas em comum são:
* A capacidade de agregar valor ao trabalho e assumir mais projetos de seu interesse
* Ser mais presente na vida familiar
* Fazer a diferença na comunidade e sociedade em que vivem
* Investir em interesses pessoais fora do trabalho e conseguir um equilíbrio saudável
* Aprimoramento pessoal resultante de esforços dedicados ao trabalho ou à vida pessoal

Escolha quando e onde trabalhar
A percepção sobre os smartphones mudou radicalmente nos últimos anos. Dois terços dos participantes da pesquisa concordam que os smartphones flexibilizaram a rotina de trabalho: fora do horário comercial entre 9 horas e 17 horas e do espaço de trabalho tradicional, com maior controle sobre a própria produtividade. Os smartphones também otimizam o tempo. Um terço dos participantes da pesquisa disse que o smartphone otimiza mais de cinco horas em uma semana normal de trabalho.
[fbcomments]