Gestão

Funcionários tratados como filhos

Carolina Sanchez Miranda
6 de dezembro de 2013

A Zanzini Móveis possui diversas práticas de reconhecimento do esforço de seus funcionários. Por meio de avaliações de desempenho, eles podem receber gratificações financeiras e prêmios. Mas o que torna a empresa diferente não são apenas essas compensações. “O relacionamento que a direção possui com os colaboradores talvez seja um dos pontos fundamentais de seu sucesso.

Todos são tratados como filhos, e o contato, em alguns casos, deixa a formalidade do dia a dia de trabalho para a informalidade pessoal, sempre com muito respeito e atenção”, afirma Denise ZanziniTorrano, diretora de gestão de pessoas.

Funcionária da empresa há 11 anos, Alessandra Pescio, assistente de qualidade, conta que esse tratamento diferenciado tem impacto maior do que a retribuição financeira. “Há pessoas que acham que um bom reconhecimento é o financeiro. Para mim é, principalmente, o respeito que a direção tem com a gente.”

Ela diz que a área que abrange meio ambiente e planejamento e controle da produção e qualidade fica no meio do chão de fábrica, com dois diretores e portas abertas a qualquer funcionário. “Ali você entra, conversa. Eles perguntam como está a nossa família. Têm uma preocupação que vai além do que eu trago de benefício para a empresa”, explica Alessandra. Denise acredita que o respeito pelo ser humano, por suas necessidades e anseios, cria um vínculo permanente de afetividade entre todos, gerando um ambiente de trabalho saudável.

As práticas de reconhecimento financeiro e premiações da empresa estão baseadas na pontuação obtida pelos funcionários, de acordo com seu desempenho. Entre elas está a eleição do “colaborador padrão”, a partir da votação dos próprios colegas de turno, que avaliam o comprometimento com o trabalho, o comportamento em relação à segurança, comprometimento com os 5Ss, a apresentação pessoal, o desenvolvimento profissional, o relacionamento interpessoal e a participação em programas sociais da empresa. Os funcionários eleitos recebem um certificado, prêmios como jantares e viagens para a família, além de ter sua imagem disseminada por toda a empresa e jornais internos. Eles ainda concorrem no final do ano à eleição do “colaborador mais padrão” e podem ser premiados novamente.

De maneira semelhante é realizada a eleição do “líder padrão.” Os líderes são avaliados pelos mesmos critérios, só que por outros líderes. O Programa Liderança é outra prática que reconhece os líderes. Consiste em pontuá-los em relação à realização de suas atribuições, entre elas a aplicação da avaliação de desempenho de seus subordinados e a satisfação dos colaboradores com seu respectivo líder. Os melhores pontuados são premiados com treinamentos externos de renome, para seu próprio desenvolvimento.

Boas práticas

> Relacionamento próximo com os funcionários – diretores se preocupam não apenas com o desempenho profissional, mas também com a vida pessoal deles.

> Premiação dos funcionários e líderes por seu desempenho, sob a ótica de seus pares. Os Colaboradores Padrão e Líderes Padrão recebem reconhecimento dentro da empresa e prêmios, como viagens para desfrutarem com a família.

> Programa Liderança, que pontua os líderes pelo desempenho de suas funções e os premia com treinamentos de aperfeiçoamento.

 

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail