Carreira e Educação

Home office: redefinindo os modelos de trabalho com um escritório em casa

Da Redação
4 de Maio de 2018

Há mudanças expressivas e significativas no mundo que estão influenciando no comportamento e hábitos das pessoas. Seja em casa, no transporte e, principalmente no trabalho, a 4a. Revolução Industrial – protagonizada pelo avanço da tecnologia – transformou e otimizou o modo como buscamos e vivemos alguns serviços essenciais à nossa vida: alimentação, comunicação e trabalho, só para citar alguns exemplos.

E, por falar em trabalho, no ambiente corporativo as mudanças também chegaram. O perfil do profissional e das organizações já não é mais o mesmo. Paradigmas e estruturas de trabalho tradicionais estão rompendo e dando lugar a novas modalidades, como o home office.

Este modelo, que permite ao funcionário trabalhar de casa, traz benefícios para os dois lados, empresa e colaborador. Atualmente, encontramos com mais frequência trabalhando em home office os profissionais da tecnologia, comunicação e arte, por exemplo.

Mark Linley, Engenheiro de Software da ACI Worldwide

Mark Linley, Engenheiro de Software da ACI Worldwide

A Revista Melhor Gestão de Pessoas entrevistou Mark Linley, engenheiro de software da ACI Worldwide; Miranda Lopes, diretora de RH para América Latina e Juan Camilo Latorre, supervisor de engenharia de software. Apresentaremos, em três entrevistas separadas, a visão e o perfil de cada um deles sobre o assunto: quem trabalha nesta modalidade, quem lidera funcionários a distância (trabalhando do escritório) e do RH, que também experimenta o home office.

Nesta primeira entrevista, Mark Linley, engenheiro de software da ACI Worldwide – que trabalha em home office, conta como é a experiência e os benefícios de trabalhar longe do escritório.

Como o corpo e a mente reagem ao trabalhar a distância? Quais as vantagens e desvantagens de realizar o home office?

Mark Linley – Trabalhar home office pode ser um pouco solitário e às vezes sinto falta da interação física do dia a dia com as pessoas em um ambiente de escritório. O home office também faz com que o trabalho esteja sempre ao seu redor. Seu escritório está lá, então muitas vezes você não tem a sensação de deixar o trabalho e chegar em casa, já que ambos ficam no mesmo lugar. Por outro lado, não existem os longos trajetos e congestionamentos e é possível dormir um pouco mais. Além disso, no fim do dia, você já está em casa e ganha um tempo valioso com a família, que não seria possível de outra forma.

Na área de desenvolvimento de software, onde trabalho, muitas vezes preciso focar por longos períodos de tempo sem interrupções. E acho que posso conseguir isso com mais facilidade em um trabalho home office, porque não há ninguém para caminhar até a minha mesa e começar uma conversa ou me interromper de outra maneira.

A empresa presta todo tipo de auxílio para fazer um trabalho de qualidade de casa, tanto do ponto de vista monetário como do suporte emocional?

Mark Linley – O teletrabalho tem sido uma opção na ACI há muitos anos. Com uma conexão de internet de alta velocidade, muitas vezes posso trabalhar mais rápido em casa e com menos interrupções. Nossos sistemas de TI também foram bem adaptados ao longo dos anos, em termos de ferramentas de segurança e colaboração para melhor atender às necessidades dos trabalhadores home office. A empresa também me ajuda com o custo da minha conexão com a internet, o que é excelente.

A comunicação entre os demais pares de trabalho e o líder ficam prejudicas com o home office? Se sim, qual seria uma alternativa para esse problema?

Mark Linley – Temos uma ampla gama de ferramentas de colaboração à nossa disposição para facilitar a comunicação entre os membros da equipe. Eu me comunico regularmente com meu gerente e muitas vezes temos reuniões pessoais, então sinto que tenho um bom suporte e que posso colaborar tranquilamente com os membros da minha equipe. Dito isto, para reuniões mais complexas envolvendo discussões técnicas profundas, eu ainda sinto que as reuniões presenciais são mais eficazes do que as teleconferências. Então, eu ocasionalmente vou ao escritório por esse motivo.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail