Benefícios

Inteligência na administração de benefícios: segurança e economia às empresas

Gestão inteligente de benefícios dos funcionários garante longevidade para as empresas

Da Redação
15 de Maio de 2018

Nada preocupa mais o empresário que um período de instabilidade econômica. Para se certificar que o negócio se mantenha estável diante dos abalos econômicos, ora pelo mercado financeiro, ora pelas operações que atingem a classe política, as empresas precisam ficar atentas a processos e garantir o efetivo gerenciamento de custos fixos. 

Muitas empresas buscam inteligência externa para dirimir custos e administrar melhor os benefícios oferecidos aos funcionários e reduzir essa preocupação.

Prova disso são as empresas contratadas para ajudar na administração de benefícios de colaboradores, como a RB Serviços, empresa especializada na gestão de Vale Transporte e outros benefícios para corporações dos mais diversos segmentos é um exemplo disso. Segundo o sócio-diretor da RB, Renato Zacharias, a economia em benefícios é uma das maiores preocupações dos departamentos de Recursos Humanos. “Pode parecer óbvio, mas para economizar com inteligência é primordial ter acesso a informações de qualidade”, afirma.

“Se uma corporação não tem indicadores confiáveis, não sabe as causas dos gastos excessivos fatalmente não conseguirá saber onde está o problema, o que pode ocasionar em despesas desnecessárias ao caixa corporativo”, alerta o executivo.

Renato explica que um dos principais diferenciais da RB está na Gestão Inteligente do Vale Transporte dos funcionários. “O acúmulo de crédito no Vale Transporte é proibido pela Legislação. Assim a empresa pode realizar a recarga proporcional aos créditos necessários para os deslocamentos do colaborador ao longo do mês. Isso permite ao departamento de RH efetuar uma recarga mais precisa, sem desembolsos extras, gerando uma economia de até 35% do total de custos do Vale Transporte, que pode ser reinvestido em melhorias estruturais ou na concessão de outros benefícios direcionados aos funcionários”.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail