Kepler Weber recebe prêmio Top Ser Humano da ABRH-RS

    0
    953

    Empresa de armazenagem de grãos é premiada pelo projeto Consultoria interna de recursos humanos: a implantação de uma modelagem parceira do negócio

    Anastácio Fernandes, presidente da Kepler Weber

    Em reconhecimento às práticas adotadas para desenvolver e melhorar a qualidade de vida de seus colaboradores e da comunidade onde atua, a Kepler Weber foi a vencedora do prêmio Consultoria interna de recursos humanos: A implantação de uma modelagem parceira do negócio, entregue pela Associação Brasileira de Recursos Humanos do Rio Grande do Sul (ABRH-RS), nesta quarta-feira (27), em Porto Alegre.

    O prêmio, um dos mais cobiçados da categoria, reconhece os empresários e personalidades que se destacam por suas ações em prol da responsabilidade social e da gestão de pessoas e funciona como uma oportunidade de a empresa divulgar suas atividades relacionadas ao desenvolvimento de seus profissionais e de seus negócios. “Iniciativas como esta permitem que mostremos a nossa contribuição para o aperfeiçoamento de competências como excelência, liderança e comprometimento, não somente em busca de melhores resultados, mas também para garantir o crescimento de cada indivíduo”, ressalta o presidente da Kepler Weber, Anastácio Fernandes Filho.

    Projeto vencedor
    Nascido com o propósito estratégico de reposicionar a área de RH na Kepler Weber, o projeto partiu do resgate do modelo de consultoria interna em RH, cuja necessidade foi diagnosticada em 2015 e apontava que a área de desenvolvimento organizacional apresentava uma estrutura clássica. Assim, a empresa decidiu repaginar o atual modelo, para um conceito mais moderno de gestão de pessoas.

    O projeto teve início em 2016, estruturado em etapas com ações que envolviam a equipe de recursos humanos, revisão de processos e das políticas de gestão de pessoas, qualificação dos gestores, além da implementação de uma moderna solução sistêmica que facilitou o acesso e o controle de informações relacionadas ao acompanhamento de processos seletivos, movimentações de carreira e estrutura organizacional, avaliação de desempenho, treinamentos dos líderes, entre outras.

    O novo modelo, que será concluído em 2018, mas que já apresenta avanços significativos em relação ao estágio anterior, exige um repensar de toda a forma de atuação da companhia, com foco no tripé estrutura, processos e pessoas. “Não basta, apenas, alterar o cargo e suas responsabilidades. Tudo leva tempo para ser concretizado. Sem um sistema estruturado de processos, rotinas e fluxos de trabalho e preparação de todos os envolvidos, provavelmente, o resultado da consultoria interna não seria atingido”, destaca Fernandes Filho.

    Mesmo diante de um cenário de instabilidade econômica no país, nos últimos anos, a Kepler Webermanteve o investimento no projeto como prova da confiança da companhia nas ações de gestão de pessoas, como pilar de sustentação de seus objetivos e desafios. “Com o projeto implementado, acreditamos que a organização estará preparada para atender às demandas de gestão do capital humano que serão necessárias para os próximos anos”, finaliza o presidente da companhia.

    Equipe Kepler Weber recebe prêmio Top Ser Humano (Foto: Cirineu Brauner)
    [fbcomments]