Carreira e Educação

Lições que a Copa do Mundo mostra ao mundo corporativo

"É preciso saber escutar os feedbacks, tanto no trabalho como na vida"

Da Redação
27 de junho de 2018

A Copa do Mundo reúne os melhores jogadores do planeta, mas nem mesmo os melhores escapam de julgamentos. Pelo contrário, quanto mais visibilidade, maior a cobrança. É possível, mesmo assim, seguir rendendo e conquistando resultados surpreendentes? “Um jogador, assim como qualquer profissional, deve praticar uma lição diariamente. É preciso saber escutar os feedbacks, tanto no trabalho como na vida. Entender como os outros veem você e suas atitudes, sondar se tem colecionado mais críticas ou elogios. Tudo isso é oportunidade para crescer”, analisa a coach Janaina Manfredini, da Effecta Coaching. 

Janaina reforça que dar e receber feedbacks pode ficar mais fácil e gerar mais resultados com técnicas e mentalidade positiva e aberta. “Nem sempre gestores e líderes são capacitados para isso, então a busca pelo conhecimento é sempre muito importante”, conta.

Abaixo, a coach compartilha quatro dicas para adotar uma posição de saber ouvir, pensar e se desenvolver com o feedback.

Controle seus pensamentos: coloque toda a sua atenção no que está sendo falado, contenha o ímpeto de querer interpretar ou julgar no ato cada trecho da conversa e nem pense em interromper quem fala. Esse não é um momento para emoções. Faça um esforço para deixá-las em segundo plano e resista à tentação de dramatizar. Para crescer, é preciso ter postura humilde e aberta.

Evite impulsos de fuga ou ataque: é fácil nos sentirmos ameaçados quando recebemos críticas, mas apesar de instintivos, os impulsos de fugir ou atacar não nos trazem nenhum benefício nesse momento. Posturas de confronto, como fazer comentários agressivos ou irônicos, podem degringolar a conversa e até prejudicar a relação com o chefe. Da mesma forma, é importante saber fugir de atitudes passivas demais. Tudo na vida é questão de equilíbrio.

Repita a mensagem: em voz alta, quando seu chefe parar de falar, faça um resumo de tudo o que foi dito. Essa técnica se chama espelhamento e facilita a compreensão, mostrando ao outro que você estava atento. Também é a chance de esclarecer pontos que tenham sido vagos. Por exemplo, o que quer dizer “comprometimento” para o seu superior? Dessa forma vocês alinham conceitos e fazem com que os feedbacks rendam ações positivas a serem colocadas em prática.

Reflita sobre o que foi dito: o segredo é fazer isso depois, sozinho e com a cabeça fria. Sem a armadilha das emoções é menor a chance de você transformar o papo em um golpe contra a sua autoestima ou em culpa. Retome os fatos, pense nos exemplos citados e compare com a sua visão. Lembre-se: quanto mais sincero você for consigo mesmo, melhor! Evoluir é um processo desafiador, mas os resultados compensam.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail