Liderar para transformar

Leyla Nascimento
2 de outubro de 2013

Foram quase 4 mil congressistas e cerca de 20 mil visitantes durante os quatro dias do maior evento sobre gestão de pessoas e da maior feira de produtos e soluções para a área de recursos humanos da América Latina. Com o tema Acelerar para a competitividade: o desafio humano, levamos ao Transamerica Expo, em São Paulo, mais de 154 palestras e mais de 38 horas (ininterruptas) de boa discussão.

Alguns pontos ficaram bem claros e merecem lugar de destaque nas nossas agendas. O primeiro refere-se ao trabalho de formação de lideranças. Vivemos uma carência de líderes em nossas empresas e isso tem chamado a atenção não apenas do RH, mas de todos aqueles que se preocupam com o futuro das empresas em que atuam. Outra questão está focada na formação e qualificação de nossa mão de obra. Como vencer o apagão de gente que vemos em nosso país se não partindo do caminho da educação?

Além dessas discussões centrais à competitividade, nosso congresso ajudou a reforçar e a concretizar uma imagem que, há um bom tempo, pairava sobre a mente de muitos líderes de RH: nossa área tem uma ponte, um alinhamento muito forte com o que está ao nosso redor. Estamos envolvidos em mais áreas do que nossos olhos podem alcançar.

Um bom exemplo foi o debate, no CONARH, sobre sustentabilidade, ao qual trouxemos os resultados de nosso evento organizado na Rio+20 a respeito da economia verde. Não podemos estar desconectados dessa discussão, pois envolve não apenas garantir o futuro do mundo, mas um mundo futuro para nossas organizações. E ninguém melhor que o RH para cuidar dessa mudança de mentalidade no ambiente corporativo.

Na linha dessa mudança de visão de futuro, aliada à necessidade de uma nova liderança, outro destaque desta edição do evento foi o lançamento do nosso curso de pós-graduação O novo líder de RH, em parceria com o Great Place to Work e com o Grupo Ânima Educação. Além disso, também lançamos os indicadores de RH e as bases para um fórum global sobre coaching, que, aqui no Brasil, está em pleno desenvolvimento, mas ainda requer um pouco mais de referência e conhecimento sobre isso. Estamos liderando essas e outras iniciativas, pois entendemos que temos de dar o exemplo e mostrar que é possível transformar sonhos e ideias em realidade!

 

 

 

Leyla Nascimento
Presidente da ABRH – Nacional

Reprodução

 

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail