Gestão

Movimento para mudar

Cristina Morgato, Núbia Matos
23 de setembro de 2013

Encontrar um novo trabalho que pague mais ou com maior possibilidade de crescimento está no topo da lista de prioridades da maioria dos profissionais, segundo pesquisa da Trabalhando.com Brasil. De acordo com o estudo, 94% dos entrevistados pretendem mudar de emprego este ano. Para o diretor-geral da empresa, Renato Grinberg, é uma tendência positiva, já que os profissionais não estão acomodados. Mas ele alerta que existe uma grande diferença entre intenção e ação, e que muitos profissionais só conseguirão realizar essa mudança se possuírem um planejamento claro. “É preciso fazer uma autoanálise para entender por que o profissional está insatisfeito. A insatisfação pode estar ligada a fatores pessoais alheios à empresa. Uma simples mudança de atitude pode melhorar a situação”, diz.

Os motivos
> 57% dos entrevistados não enxergam possibilidade de crescimento na empresa em que trabalham.

> 37% querem sair do atual cargo, pois acreditam que o mercado está aquecido e buscam uma remuneração mais atrativa.

 

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail