Gestão

Networking feminino

5 de Março de 2015
Networking feminino / Crédito: iStockphoto
Crédito: iStockphoto

A mulher por si só é um ser muito comunicativo, mas quando o assunto são os negócios há ainda uma barreira a ser superada. Mesmo sendo maioria no mercado de trabalho, quando participam de eventos de cunho corporativo, elas sentem dificuldades de se relacionar e fazer o famoso networking com os presentes.

Segundo Ana Fontes, fundadora da Rede Mulheres Empreendedoras, o sexo feminino faz menos networking devido à falta de tempo e a grande quantidade de compromissos que possui. “São vários os fatores que levam a mulher a fazer menos networking que os homens entre eles às muitas tarefas, a falta entendimento da importância do networking e os horários dos eventos que possibilitam tal prática, pois muitos deles são realizados no período noturno.”

Para ela, uma das alternativas para iniciar a prática do networking é organizar a agenda de forma que consiga participar de um evento de networking a cada 15 dias. “Contar com o apoio da família (marido, pais e outras pessoas de apoio) é fundamental para que você consiga o tempo necessário para estar nestes eventos. Organize sua empresa para que não dependa sempre só de você. Delegue, pois isso é importante para o seu desenvolvimento e dos seus negócios.”

Confira algumas dicas fornecidas pela especialista e saiba como iniciar e cultivar os feedbacks:

Como começar um bate-papo e qual a melhor forma de puxar uma conversa?
Se apresente. As pessoas gostam de conhecer umas as outras para depois falar de negócios. Chamar para tomar café junto num evento é um bom começo.

Como apresentar a si mesmo e a empresa?
Fale dos pontos que destaquem você e sua empresa, seja no ramo de atuação, experiência de mercado, etc.

O que devemos evitar falar em um networking?
Deve-se evitar ser muito vendedor e passar boa parte da conversa falando somente de assuntos pessoais, filhos, família.

O que fazer após o contato de networking?
Alimente a relação, mande um email ativando o seu contato e adicione a pessoa no linkedIn se ela tiver.

Como conservar esse contato?
Marque um café sempre que possível. Estes encontros não precisam ser frequentes, mas é importante se manter atualizado sobre a trajetória de seu contato e alimentar essa relação, e não somente quando precisa.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail