Gestão

O bobo da baia

22 de outubro de 2010

O ambiente corporativo normalmente provoca concorrências internas, relações humanas superficiais e avaliações frequentes de competência. Parece que estamos sempre sendo colocados à prova. Portanto, conquistar a confiança e o respeito dos colegas e da chefia, nem sempre é uma tarefa muito fácil. Mas se há algo que pode ser utilizado como um instrumento de reconhecimento são as atitudes do profissional no ambiente de trabalho. Renata Mello, consultora de imagem corporativa, vem percebendo em seus treinamentos que a competência e o preparo técnico são condições básicas para garantir o emprego, mas para se destacar é preciso mais do que isso, é preciso atitude. Um tipo de atitude que se destaque dentro do ambiente empresarial.

“Por mais que as pessoas tenham estreitado relacionamentos virtuais, aumentado o número de pessoas com quem compartilham coisas pessoais e profissionais nas redes sociais, é no dia a dia, no corpo a corpo, que podem se destacar de forma a ganhar pontos na empresa e galgar cargos melhores”, avisa Renata. A consultora acredita que o trato com o colega, a preocupação com regras básicas de etiqueta e toques de diplomacia podem fazer muita diferença quando a chefia tiver de escolher alguém para ocupar um cargo novo ou assumir um desafio. Ela dá as seguintes dicas:

    • Conviver com uma pessoa elegante no trabalho faz bem. Procure ter uma POSTURA ELEGANTE . Isso vai da maneira de se vestir ao jeito de se comportar ao telefone.

 

    • Quanto ao jeito de se vestir, procure não usar cores muito fortes no ambiente de trabalho, como rosa fúcsia, amarelo canário, verde limão. Esses tons são fortes demais para usá-los logo às 8 horas da manhã. Procure utilizar os TONS NEUTROS e escuros e, se for o caso, jogar um acessório com uma cor diferente.

 

    • O ambiente de trabalho normalmente tem o formato de estações, nas quais um está de frente ou ao lado de vários outros colegas. Assim, todo o cuidado ao falar ao telefone ou com um amigo é fundamental. “Muitas pessoas não percebem que falam alto demais ao telefone. É muito deselegante. Pior, ainda, quando a pessoa resolve gargalhar. Todo mundo vai querer saber o que é… Isso distrai e você dá o direito de ser invadido.” Sugestão: atenção ao seu VOLUME DE VOZ ao falar ao telefone e também com o colega ao lado. Tente sempre falar com tom suave.

 

    • Outro problema com as estações de trabalho: Renata, nas visitas que faz às empresas, percebeu que algumas parecem o quarto da pessoa, com direito a dezenas de badulaques – de bichinhos de pelúcia a todos os tipos de portarretrato, com fotos da pessoa na praia, segurando um copo de caipirinha. A consultora diz que não é uma atitude elegante POLUIR A ESTAÇÃO DE TRABALHO .
      Uma foto da família tudo bem, mas expor demais intimidades não é adequado.

 

    • Ficar ouvindo música com head fone ou até na caixa de som do computador. Infelizmente, ambas as atitudes demonstram desrespeito com o colega do lado. Numa, você está no “seu mundo”, não no da empresa. Na outra, pode forçar alguém a escutar música quando não quer, pois algumas pessoas não conseguem se concentrar se há MÚSICA NO AMBIENTE.
      Ou forçá-lo a ouvir um estilo que não lhe agrada.

 

    • CEDER A VEZ para uma pessoa passar no corredor é muito elegante. Mulheres ou homens.

 

    • Chamar um colega para tomar um café também é uma atitude agradável. Principalmente, se ele acaba de ser contratado e ainda não conhece ninguém. Mas cuidado para não parecer que você NÃO TEM NADA PARA FAZER além do social na empresa. Fazer as vezes de aglutinador de pessoas é um papel muito simpático.

 

    • Cuidado com a MÚSICA DE ALARME DO SEU CELULAR . Pode parecer um absurdo, mas ela revela muito a seu respeito. A música “Créu” por exemplo. Imagine esse toque no celular, no meio do expediente, num horário em que o funcionário foi buscar um copa d`água. Muito desagradável. Algumas empresas solicitam aos funcionários que deixem o toque no modo silencioso ou vibrador, para não incomodar o colega. É uma atitude elegante essa.

 

    • Em reuniões de trabalho, cuidado para não querer APARECER DEMAIS . Escute o que todos têm a dizer e dê sua opinião. Não interrompa a pessoa, mesmo que esteja dizendo algo absurdo. Em vez de dizer “Não diga uma bobagem dessas”, fale “Minha opinião é diferente da sua. Acredito que…”. Não deprecie um colega na frente dos demais (mesmo que ele seja uma pessoa desagradável.

 

  • Mesmo que você trabalhe em ambientes mais descontraídos, que permitam certa liberdade nas atitudes, não esqueça que lidar com EDUCAÇÃO E CONSIDERAÇÃO para com o colega é passaporte certo para adquirir respeito e colaboração quando você passar a chefiá-los.

 

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail