Para entender as práticas culturais

    0
    842

    O resultado da pesquisa do GPTW, da qual são analisadas e elencadas as melhores práticas da lista da revista MELHOR, é baseado na avaliação do nível de confiança dos funcionários em cindo dimensões (credibilidade, respeito, imparcialidade, orgulho e camaradagem), além das nove práticas culturais de gestão de pessoas das empresas (inspirar, cuidar, falar, escutar, contratar e receber, celebrar, agradecer, desenvolver, e compartilhar) a partir de três perspectivas da liderança:


    > A empresa atinge seus objetivos (inspirando seus colaboradores; falando a verdade com todos; escutando com sinceridade);

    > Com pessoas que dão o melhor de si (agradecendo o bom trabalho; desenvolvendo pessoas e profissionais; cuidando dos indivíduos);

    >
    E trabalham em equipe (contratando com foco na cultura; celebrando as conquistas; compartilhando os resultados) em um ambiente de confiança.


    Assim, temos a expressão de cada uma das nove práticas culturais:


    Inspirando seus colaboradores: como os líderes transmitem missão, propósito e metas e como externam a importância do trabalho de cada um, ajudando as pessoas a entender o significado de suas contribuições para o sucesso do negócio e mobilizando-as por meio dos valores da empresa.

    Falando a verdade com todos: como os líderes compartilham informações e deixam claro o que esperam da equipe, de forma honesta e transparente, em diferentes linguagens para alcançar os diversos públicos, por meio de uma multiplicidade de canais, mas sempre que possível transmitindo pessoalmente.

    Escutando com sinceridade: como os líderes se mostram abertos e acessíveis para que as pessoas possam perguntar, sugerir e expressar suas críticas. Como a liderança incentiva ideias e sugestões e as leva em consideração de forma sincera.

    Agradecendo o bom trabalho: como os líderes mostram, cultivam e reforçam um clima de apreciação pela contribuição de cada colaborador para o resultado alcançado, reconhecendo com sinceridade e de maneira imparcial o esforço extra e o bom trabalho dos colaboradores.

    Desenvolvendo pessoas e profissionais: como os líderes ajudam seus funcionários a descobrir, desenvolver e nutrir seus talentos, fomentando um ambiente de aprendizagem e fornecendo caminhos para que cresçam pessoal e profissionalmente. De que maneira os líderes promovem oportunidades de desenvolvimento de carreira, transmitindo a noção de imparcialidade e meritocracia.

    Cuidando dos indivíduos: como os líderes mostram preocupação com as necessidades pessoais e profissionais dos funcionários, proporcionando um ambiente de inclusão, respondendo criativamente Í  necessidade das pessoas de equilibrar trabalho e vida pessoal.

    Contratando com foco na cultura: como os líderes selecionam pessoas com talento, que contribuam com o crescimento da organização e que sejam alinhadas Í  cultura da empresa, e como dão as boas-vindas aos novos membros da equipe, recebendo-os e integrando-os ao time.

    Celebrando as conquistas: como os líderes celebram as conquistas da área e da empresa de forma única e diferenciada, encorajando o espírito de equipe e uma atmosfera de camaradagem.

    Compartilhando os resultados: como os líderes dividem os frutos do esforço conjunto de sua equipe de maneira justa e generosa e como se envolvem e envolvem seus colaboradores nas iniciativas de compartilhar estes frutos também com a comunidade.

    SHARE
    Previous articleA nova cara do RH
    Next articleQuem mais vai de bike?
    [fbcomments]