Gestão

Paulistanos são infelizes no trabalho

Da Redação
11 de novembro de 2014
Paulistanos estão infelizes no trabalho / Crédito: iStockphoto
Crédito: iStockphoto

A maioria dos paulistanos está insatisfeita com o trabalho. Esta foi uma das conclusões de um estudo do Instituto de Pesquisa e Orientação da Mente (IPOM), que entrevistou 1.340 pessoas na capital paulista. De cada dez profissionais consultados, sete confessaram não estarem satisfeitos com a carreira ou com o emprego e que gostariam de trocar de função ou de empresa.

Entre os insatisfeitos, 68% afirmam se sentir capazes de exercer cargos mais valorizados ou bem remunerados, mas se colocam como vítimas de chefes injustos e de um sistema empresarial que não reconhece a meritocracia.

Outro dado que demonstra grande insatisfação com o trabalho é o fato de 65% dos entrevistados não atuam no que gostam. De acordo com a pesquisa, os profissionais acabam tolerando seus empregos em função de questões financeiras, familiares ou por imposição da sociedade. Segundo Myriam Durante, psicoterapeuta e presidente do IPOM, esses números revelam que o sucesso profissional está profundamente ligado à questão da felicidade.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail