Carreira

Pesquisa avalia situação dos profissionais qualificados

Índice de confiança, taxa de desemprego, admissões e desligamentos de profissionais qualificados contemplam pesquisa

Da Redação
23 de Março de 2018

A 3a. edição do Índice de Confiança Robert Half (ICRH) – Sondagem dos Profissionais Qualificados realizada entre janeiro e fevereiro de 2018, avaliou a taxa de desemprego, demissões e desligamentos por região, sexo e cargo dos Profissionais Qualificados. 

A denominação “Profissionais Qualificados” utilizada na pesquisa distingue trabalhadores com 25 anos de idade ou mais, com curso superior e que atuam no mercado de trabalho privado. A pesquisa não considerou cargos públicos ou domésticos.

Segundo a pesquisa, três grupos de profissionais entrevistados seguem pessimistas com a situação atual, porém, nesse cenário atual há evolução e otimismo para o futuro. Mas outra informação chama a atenção: 51% dos recrutadores têm a percepção de que contratar estes profissionais qualificados está difícil ou muito difícil. No trimestre anterior, eram 52%.

Razões que eliminam candidatos

Recrutadores estão atentos a todos e em tudo, portanto, o candidato precisa evitar cometer alguns erros que poderão eliminá-lo logo no primeiro contato.  Para os recrutadores respondentes da sondagem, entre as principais razões para desistirem de um candidato na primeira entrevista estão: perceber que ele não se preparou para a entrevista (35%), quando ele não demonstra interesse na vaga (18%), perceber que o candidato mentiu no currículo (15%) e quando o candidato não sabe ouvir (15%).

A pesquisa foi conduzida com 387 respondentes para cada uma das três categorias
(Empregados permanentes, Desempregados e Recrutadores), distribuídos regionalmente
e proporcionalmente pelo Brasil, de acordo com os dados do mercado de trabalho
coletados na PNAD. A margem de erro da pesquisa é de 5%, com intervalo de confiança
de 95%.

Admissões, desligamentos e taxa de desemprego dos profissionais qualificados por região, sexo, cargo e setor também contemplam a pesquisa. Para ter acesso ao material completo, acesse o link.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail