Preparação para o mercado de trabalho

0
1149

É frequente a queixa das empresas de que os estagiários ou trainees não chegam preparados para lidar com as situações do dia a dia do mercado de trabalho. De olho nesse gap educacional, a ABRH-RS criou o programa Escola de Estagiários, que visa trabalhar as habilidades emocionais e técnicas dos estudantes. “A Escola foi criada para orientar os jovens sobre o mundo do trabalho, desenvolvendo condições emocionais e técnicas para enfrentar as dificuldades que poderão surgir ao longo de suas carreiras”, explica Daniela Carlesso, coordenadora de projetos da ABRH Estágios.

Para cumprir essa missão, a escola oferece aos estudantes uma formação humanística com carga horária de vinte horas e dividida em cinco módulos: Trampo? Já é…; Pé na mesa pode, Arnaldo?; É nóis; On/off; e Tenso. Apesar da linguagem informal, mais próxima aos jovens, os módulos tratam de assuntos pontuais da atuação de um profissional, tais como direitos e deveres da empresa e do estagiário, ética, autonomia, marketing pessoal, postura profissional, comunicação, relacionamento interpessoal, trabalho em equipe entre outros.

Aos empresários que queiram investir nessa ideia, Daniela confirma que o modelo da escola pode ser desenvolvido nas instalações da ABRH-RS ou na empresa contratante. E muitas organizações já resolveram apostar nessa formação. “Vários clientes da área de projetos que realizam o processo seletivo dos seus programas de estágio conosco já aderiram à Escola de Estagiários”, destaca.

Bom para o jovem profissional, que conhece conceitos não trabalhados nos centros universitários, e bom para a empresa, que terá um estagiário mais preparado às demandas corporativas. Não por acaso, já tem empresa que está no segundo ano de desenvolvimento deste projeto, formando uma nova turma de estagiários. 

SHARE
Previous articleO caminho da harmonia
Next articleFormar para ter
[fbcomments]