Saúde

Previwork: saúde no trabalho hoje e o eSocial

PUBLI EDITORIAL
8 de dezembro de 2014
Edmundo Prince / Crédito: Divulgação
Prince, da Previwork: pensar na saúde dos funcionários como um bem da empresa

Empresas e acionistas precisam se conscientizar de que investir adequadamente em saúde e segurança do trabalho significa economia, ao reduzir impostos, diminuir custos da assistência médica, evitar multas e prevenir riscos. O eSocial está chegando e sua empresa precisa se preparar para essa plataforma de forma clara, bem organizada e com agilidade. O eSocial integra os dados enviados para a Previdência Social, Receita Federal e Ministério do Trabalho e Emprego e tudo deverá estar rigorosamente em dia; se isso não estiver correto a multa virá automática via banco de dados. Assim, vemos hoje que é preciso pensar na saúde dos funcionários como bem de nossas empresas, possibilitar um contato anual com um serviço que agregue qualidade e atenda às necessidades de cada funcionário. Quando vejo metas e objetivos que devem ser alcançados nas empresas, penso que a saúde deveria ter um tratamento especial pelas corporações e incluída nessas metas.

Quando a saúde está no bolso da empresa
A gestão empresarial, entre outras, sofreu importantes mudanças nos derradeiros 10 anos, que exigem mais do gestor. Por exemplo, especificamente no tema saúde dos empregados, tem-se um novo fator de agravo do Seguro Acidente de Trabalho (SAT), cujo impacto no custo do seguro pode ser mais do que o dobro. Ou seja, cuidar bem da saúde e da segurança no trabalho dos funcionários poderá significar metade do custo em seguro, mas caso o gerenciamento de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais seja incorreto, o valor do SAT pode ser multiplicado.

Inteligência gerencial não é só prevenir doenças, mas problemas e custos
O risco cardíaco é um diferencial, como alerta a problemas futuros por meio de cuidados de doenças crônicas, ou mudança de hábitos alimentares, como prevenção de possíveis riscos de afastamento por obesidade, diabetes, distúrbios emocionais, inatividade física etc.

Hoje, pensar na saúde dos funcionários como um bem da empresa significa redução de custos diretos e indiretos, mais qualidade e segurança no ambiente de trabalho, entre outras vantagens.

Como se não bastassem os aspectos humanos e gerenciais, é preciso observar os burocráticos, trabalhistas e legais
Novos métodos de fiscalização e controle, eSocial e o novo SAT podem impactar os resultados da empresa com multas e complicações na saúde, que são evitáveis, tendo-se em dia documentos como Atestado de Saúde Ocupacional ASO; Programa de Controle Médico em Saúde Ocupacional PCMSO; Programa de Prevenção de Riscos Ambientais PPRA, obrigatórios para empresa regida pela CLT e normas como NR 7, NR 9 dentre outras e, ainda, ter um coordenador do PCMSO, o médico da empresa, responsável por exames e riscos , cuja empresa deve estar bem informada e atuar com ética na nossa sociedade e garantir um ser humano saudável e uma empresa saudável.

Conte com quem sabe (e gosta) do que faz
A Previwork é especialista em Qualidade de Vida, Saúde Ocupacional e Segurança no Trabalho e está pronta para prestar serviços à sua empresa, inclusive risco cardíaco e treinamento de primeiros socorros, para que ela possa cumprir as regras e cuidar bem do maior patrimônio: seus funcionários.

Saiba mais no site www.previwork.com.br ou entre em contato pelos telefones (11) 3372-1030 com Cecília e (11) 3372-1036 com Andressa. Será um prazer para a Previwork atendê-lo.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail