Tecnologia

Serviços digitais para o futuro dos negócios

Segundo pesquisa, 98% concordam que o digital, incluindo a entrega de serviços digitais e aplicações, é fundamental para o futuro dos negócios

Da Redação
2 de julho de 2018

Em tempos de 4a. Revolução Industrial ou Revolução 4.0, motivada pelo crescimento e inovações constantes da tecnologia, as empresas então enxergando excelentes oportunidades em seus negócios utilizando serviços e aplicações digitais na entrega de seus produtos. 

Segundo a pesquisa Global de Desempenho Digital 2018, da Riverbed, 99% tomadores de decisões nas empresas concordam que otimizar o desempenho digital é essencial para o desempenho dos negócios, enquanto 98% concordam que o digital, incluindo a entrega de serviços digitais e aplicações, é fundamental para o futuro dos negócios nas empresas. Mas, por outro lado,  95% desses mesmos tomadores de decisão afirmam que as principais barreiras, que inclui reduções orçamentárias, redes legadas e falta de visibilidade, estão impedindo o avanço de suas estratégias digitais.

A pesquisa global, que inclui respostas de 1 mil tomadores de decisões de empresas com receitas superior a U$ 500 milhões em nove países, também descobriu que, enquanto os serviços e aplicativos digitais são críticos para o sucesso no futuro dos negócios, 80% dos entrevistados relataram que serviços digitais e aplicações essenciais estão falhando pelo menos algumas vezes por mês.

A necessidade das empresas em fornecer uma experiência digital bem-sucedida para clientes, parceiros e funcionários é bem reconhecida e cresce em importância. Cerca de 91% dos tomadores de decisão de negócios globais concordam que o fornecimento de uma experiência digital bem-sucedida é ainda mais importante para os resultados financeiros da empresa do que há três anos.

Da mesma forma, 99% dos tomadores de decisões de negócios globais acreditam que sua empresa se beneficiaria com a melhoria do desempenho dos serviços digitais e aplicações. E isso é percebido primariamente por meio da melhor experiência e satisfação do cliente/usuário (53%), que poderá converter tal experiência em fidelização e aumento da carteira de clientes.

Obstáculos

Sistemas com desempenhos inadequados para a construção de serviços digitais nos negócios da empresa é somente um obstáculo que as organizações encontram, pois, segundo o Global de Desempenho Digital 2018, 95% dos tomadores de decisão de negócios globais disseram que enfrentam desafios significativos para alcançar resultados desejados como, por exemplo, restrições orçamentárias (51%), infraestrutura de TI legada excessivamente complexa ou rígida (45%), falta de visibilidade total em toda a experiência digital ou do usuário final (40%), falta de pessoal disponível ou devidamente qualificado (39%) e, por fim, falta de adesão da liderança na priorização de iniciativas digitais (37%).

Consequências

Se os obstáculos existem e, por diversas vezes eles não são derrubados, o resultado não poderá ser outro a não ser a perda nos negócios que, segundo os entrevistados da pesquisa, será de perda de vendas e receita (42%), lançamentos atrasados de produtos (41%), perda de clientes (41%), perda de fidelidade à marca (41%) e perda de produtividade dos empregados (40%)

Investimento

A solução ainda está no investimento e no reconhecimento que os serviços digitais aumentam a receita e são ótimos na experiência do cliente. 98% dos tomadores de decisão de negócios globais acreditam que uma arquitetura de TI moderna e que oferece maior agilidade é importante para melhorar o desempenho digital. Por isso a importância em investir. O investimento é a solução para erradicar a grande maioria dos problemas.

Um número significativo desses mesmos tomadores de decisão também identificou as soluções em nuvem e as tecnologias emergentes como principais impulsionadoras da experiência digital no futuro. Quase todos, 99%, acreditam que o uso de tecnologias de nuvem são importantes para a estratégia digital de suas empresas, e os líderes de negócios gostariam que suas empresas investissem em tecnologias emergentes como análise de dados (60%), IoT (59%), tecnologia Blockchain (48%), aprendizado de Máquina (47%), Inteligência Artificial (47%), Realidade Virtual (36%) e Redes 5G (21%), isto é, todas que definem a 4a. Revolução Industrial, responsável por mudanças significativas no comportamento e hábitos das pessoas e, principalmente, nos modelos tradicionais de trabalho.

Para ter acesso a pesquisa na íntegra Riverbed, clique aqui.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail