Um novo espaço e uma nova forma de trabalhar

0
458
Mais flexibilidade: projeto pretende aumentar a satisfação e produtividade dos colaboradores

A multinacional holandesa Philips desponta entre as grandes corporações como um case de “revolução”, para usar as palavras da própria empresa, quando descreve as mudanças físicas adotadas. A companhia decidiu, mundialmente, que suas sedes serão sustentáveis, e com isso, deverá adotar um “jeito inovador” de trabalhar. Esse movimento ganhou o nome de Workplace Inonvation (WPI, em tradução livre Inovação do lugar de trabalho).

De acordo com suas metas empresariais, essa filosofia de gestão integra as pessoas, confere maior uso das tecnologias de ponta e proporciona mais qualidade de vida. Ou seja, cria condições de trabalho “de maneira inteligente, eficiente e sustentável”. “[Para adotar as mudanças] foi criado um time, com diversas frentes, e realizados workshops, para preparar os funcionários sobre temas de comportamento e gestão de equipes virtuais. A comunicação foi constante e vital nesse processo”, resume Denise Reis, diretora de RH e gestão de talentos para a América Latina da Philips. “O WPI é uma mudança para uma nova forma de trabalhar”, acrescenta.

O novo prédio da empresa no Brasil, com oito mil metros quadrados, distribuídos por quatro andares, é o único, dentro da corporação na América Latina, a adotar o WPI. A empresa reforça que esse projeto contempla tecnologias que permitem integração total entre as equipes, com trabalho aqui e no exterior, além de possuir critérios de sustentabilidade que visam a certificação da Leed (sigla em inglês para Leadership in Energy and Environmental Design), da U.S. Green Building Council, na categoria escritório verde.

Outro ponto destacado pela diretora de RH é o fato de inexistir diferenciação estrutural hierárquica. Não há sequer estações de trabalhos fixas. E os telefones são móveis, funcionam por sistema de rádio. Os espaços foram pensados para atender às necessidades dos seus usuários. Isso permitirá ao colaborador maior flexibilidade. Trabalha-se de qualquer lugar, inclusive de casa. Os recursos tecnológicos foram mais um requisito de investimento. Há sistemas de conexão por e-mail, compartilhamento de dados, comunicador interno, webmeetings (Connect Meeting e Connect Webmeeting), conexões para chamadas telefônicas. A internet sem fio está em todos os andares. Sistema de impressão e digitalização de arquivos central, para reduzir impressões, também são realidade. “Essas são algumas características para a melhoria e maior eficiência na utilização de espaço, otimização do tempo de trabalho, aumento de produtividade, aumento na satisfação e engajamento dos funcionários”, reforça Denise.

[fbcomments]