Valor a mais

Leyla Nascimento
4 de novembro de 2013

Quando iniciamos nossa jornada na presidência da ABRH-Nacional, nos pautamos pelo projeto ValoRH que priorizava uma inversão da pirâmide da associação, na qual a entidade nacional passaria do topo para a base e as suas seccionais, da base para o topo. Em 2010, implantamos uma gestão participativa, na qual as diretorias da Nacional desenvolveram ações estratégicas que resultaram em um amplo crescimento de nossas atividades do Brasil. Agora, no início de nossa nova gestão, podemos armar que a pirâmide já se inverteu.

Começamos 2013 com o projeto Mais ValoRH. Ele refere-se à nossa visão de que ainda temos muito a fazer para que a ABRH se consolide em todo o território brasileiro. É a continuação de um projeto de gestão que visa à sustentabilidade das ações implementadas e ampliação dos serviços e projetos oferecidos aos associados no país.

Dentre as novidades para a nova jornada, posso adiantar, neste espaço, a criação de duas diretorias. Uma delas, a de Relacionamento com os Associados, tem como objetivo planejar um amplo trabalho de expansão no país. A outra está focada nas pequenas e micro empresas que estão se estruturando e implantando processos de RH. Muitas destas, apesar do porte, não devem nada a ninguém quando o assunto é gestão de pessoas e até podem servir de exemplo para as chamadas grandes companhias.
Basta conferir na matéria de capa desta edição.

Desde que assumi o desafio de liderar a ABRH-Nacional, percebi que é possível realizar nossos sonhos e objetivos quando escolhemos pessoas certas e comprometidas com a mesma causa. A lição não se restringe ao trabalho voluntário na associação ou em qualquer outra, mas pode ser aplicada em qualquer empresa. Em nosso caso, contamos com líderes e executivos de grande expressão no cenário nacional em nossa diretoria executiva e nos conselhos deliberativo, consultivo e  fiscal. Todos irmanados na missão de construir uma entidade mais e mais representativa do profissional de recursos humanos. Que venham os próximos anos e desafios para que possamos, mais uma vez, fomentar, revelar e dar o devido destaque de nossa gestão de pessoas – para o Brasil e para o mundo.

Um ótimo 2013 para todos!

 

 

 

Leyla Nascimento
Presidente da ABRH – Nacional

Reprodução

 

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail