Reforma trabalhista

Vantagens e desvantagens do home office

Confira as vantagens e desvantagens de adotar a prática no seu ambiente de trabalho

Karin Hetschko
8 de novembro de 2017

No próximo dia 11 de novembro, passam a vigorar as novas regras estabelecidas na  Reforma Trabalhista. Entre os pontos de destaque está a regulamentação do teletrabalho — as empresas poderão estabelecer o home office, desde que o tema seja estipulado no contrato de trabalho e de comum acordo entre empregador e trabalhador. Confira as vantagens e desvantagens de adotar a prática no seu ambiente de trabalho:

Vantagens
Na prática, o home office já era adotado por grandes empresas. Trata-se de uma boa alternativa para as companhias, considerando os cortes de custos fixos, e para os funcionários que ganham mais autonomia, podendo trabalhar com horários flexíveis e de qualquer lugar com acesso à internet.

A Eureca!, consultoria especializada em conectar a energia jovem com o mundo trabalho, por exemplo, optou pelo home office a ter um escritório tradicional. Todos os funcionários trabalham do local de preferência, assim a empresa garantiu o elemento diversidade regional ao seu DNA. “Com o home office, conseguimos atrair talentos até então impensáveis para nossa realidade e isso é muito positivo”, explica Fábio Procópio, CMO da Eureca!

Ele também destaca que o teletrabalho foi adotado na consultoria devido ao alto custo de aluguel nos grandes centros do Brasil. Outros motivos como qualidade de vida, trânsito e rotina cansativa também foram pesados na hora de adotar a prática.

Apesar de não possibilitarem o trabalho exclusivamente em home office, como no caso da Eureca!, muitas empresas estão adotando o meio termo, dando o poder de escolha aos funcionários se eles querem trabalhar em casa em um dia da semana. Esse é o caso da Octadesk, startup desenvolvedora de sistemas voltados para gestão de relacionamento com os clientes. “Nosso modelo de negócio é todo online, então, não há necessidade da presença física, o que possibilita um trabalho remoto”, diz Rodrigo Ricco, CEO da Octadesk.

Desvantagens
Especialistas também apontam algumas desvantagens da adoção do teletrabalho. Na balança dos contras, estão: perda da privacidade pessoal, indefinição de horários de trabalho e lazer (caso não haja planejamento e disciplina), falta de atualização profissional em processos gerenciais; ambiente de trabalho confinado (anti-social) e interferência de assuntos domésticos nos assuntos profissionais.

O trabalho em equipe também pode ser prejudicado no home office. “Caso a empresa não seja capaz de criar um bom ambiente de colaboração virtual e cobrança mútua, o home office torna-se uma opção possivelmente prejudicial”, ressalta Fábio, da Eureca!

Para não errar a mão na hora de adotar esse sistema de trabalho em sua empresa, confira aqui algumas dicas de especialistas.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail