Gestão

58% dos recrutadores olham primeiro a experiência profissional no currículo

Da Redação
11 de junho de 2019

Considerado um dos itens mais importante de um currículo, o campo de experiências profissionais pede cada vez mais atenção por parte dos candidatos, é o que aponta a Pesquisa com Recrutadores da Catho. O levantamento apontou que o histórico é o primeiro item observado em currículo, segundo 58% dos profissionais. Seguido de objetivo profissional (19%) e formação acadêmica (8,5%).

Crédito: Shutterstock

Além de ressaltar pontos importantes, a pesquisa também aponta os principais fatores de eliminação dos candidatos. Nos primeiros lugares estão os erros de português (34%), seguido por falta de experiência (25%), ausência de objetivos profissionais (10%) e a distância entre o candidato e a empresa (9%).

Para Bianca Machado, gerente sênior de Catho, isso acontece porque parte dos candidatos não usam o campo de forma correta. Segundo a profissional o item mais relevante para ser explorado no campo experiências profissionais são os resultados que o candidato trouxe ao longo de sua trajetória na empresa.

Assista também:

Entrevista com Bianca Machado | Catho

“Muito mais do que apenas relatar atividades e atribuições, traduzir os resultados alcançados para um currículo é mais relevante e atraente para o recrutador. Como o candidato proporcionou crescimento ao seu setor, propostas de melhorias na área ou na empresa, metas alcançadas e seus diferenciais que levaram ao sucesso de algum projeto. Para o recrutador essa informação é muito rica e permite que o candidato se destaque em meio aos outros concorrentes”, afirma Bianca Machado.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail