Benefícios

97% dos pais gostariam de ter mais tempo com a família

Da Redação
9 de agosto de 2019

Os dados refletem inclusive no número de pais que já deixaram o mercado de trabalho para cuidar dos filhos: 22% em 2019, versus 18% em 2018, segundo dados da Catho

Conciliar vida profissional e paternidade, muitas das vezes, consiste em abrir mão de tempo de qualidade com a família. Uma pesquisa realizada pela Catho com mais de 1,6 mil pais constatou que 97% gostariam de ser mais presentes e ter mais tempo com a família. Dentre os pontos que mais fazem falta durante a rotina, destacam-se passeios em família (32%) e estar mais presente em momentos importantes (30%).

Crédito: Shutterstock

Leia também:

Trabalhar em casa proporciona aos pais mais tempo em família

Participar de forma mais ativa na vida dos filhos também é um ponto relevante na vida paterna. Ainda segundo o levantamento, participar de educação (20%) e brincar (14%) com eles também fazem falta durante a correria do dia a dia.

Para Murilo Cavellucci, diretor de Gente e Gestão da Catho, a mudança do papel do homem na educação dos filhos tem sido observada com mais intensidade nos últimos tempos. Abrir espaço para a discussão é extremamente relevante, pois contribui para a equidade na relação familiar e profissional do casal, uma vez que a atenção do filho será dividida igualmente.

“A pesquisa aponta que há um anseio dos pais de estarem mais próximo dos filhos e de serem verdadeiramente participativos na criação e educação deles. Essa presença é extremamente benéfica, tanto para o ambiente familiar, quanto para o profissional, uma vez que essa pessoa estará cada vez mais motivada”, afirma Cavellucci.

Ainda segundo a pesquisa, 22% dos pais já deixaram o mercado de trabalho para cuidar dos filhos, o que reforça, mesmo que de forma tímida, que homens estão cada vez mais dispostos em se dedicarem integralmente aos filhos.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail