Carreira e Educação

Conciliar vida pessoal e profissional

Especialista em gestão e liderança explica que é possível ajustar a rotina de trabalho aos compromissos do dia a dia

Da Redação
6 de novembro de 2018

Conciliar a rotina de trabalho com a vida pessoal pode ser uma tarefa complicada, ainda mais em grandes centros urbanos, nos quais normalmente as pessoas passam de 1 a 2 horas por dia no trânsito do trajeto para ir de casa para o trabalho. Além disso, segundo o especialista em gestão e liderança, Renato Grinberg, no Brasil principalmente, existe um tabu cultural de que quem sai cedo do escritório não é bem visto e às vezes taxado como descomprometido com a empresa.

Leia também:

Jovens brasileiros esperam conciliar vida profissional e pessoal na carreira

Crédito: Freepik

Hoje em dia, uma boa remuneração ou um plano de carreira não são mais suficientes para reter um talento nas empresas. “As pessoas perceberam que dinheiro e ascensão profissional não servem para nada sem saúde e boas relações familiares, que são os fundamentos da qualidade de vida”, afirma Grinberg.

Embora o país passe por um momento bastante complicado em relação ao mercado de trabalho, segundo o IBGE são cerca de 3,16 milhões de brasileiros procurando emprego há mais de 2 anos e, para esses profissionais, trabalhar com o que gosta é uma prioridade.

Sendo assim, o especialista alerta que é possível aprender a gostar do trabalho e que isso é essencial para crescer e obter sucesso. “Mais importante do que trabalhar no que gosta é aprender a gostar do trabalho. Com essa mentalidade o colaborador aumenta as chances de sucesso e de fazer algo que realmente goste”.

É preciso entender que ter a rotina de trabalho e pessoal em harmonia é uma das chaves para a chamada qualidade de vida. Como hoje, em muitos casos, trabalho e vida pessoal estão bem misturados, é necessário que o colaborador inclua suas aspirações e as de sua família nas decisões e também no trabalho. Para tornar essa tarefa mais fácil, Renato Grinberg dá algumas dicas. Confira!

Planeje-se

Faça um planejamento semanal e diário das suas principais atividades. Lembre-se de incluir também os compromissos familiares, como aniversários, celebrações e encontros com amigos.

“Ladrões” de tempo

Identifique tudo o que te rouba tempo, desde as redes sociais até as saídas excessivas para um café ao longo do expediente. Assim fica mais fácil eliminá-las e organizar o tempo para render mais.

Estabeleça prioridades

Elencar prioridades é essencial para uma rotina de trabalho e também para a vida pessoal. É possível conciliar as duas coisas. Se tiver que perder alguma atividade pessoal, por motivos de trabalho, compense esse tempo para poder realizar algo pessoal mesmo que tenha que sair mais cedo ou entrar mais tarde no trabalho.

Respeite os seus limites

Também é preciso aprender a dizer não no ambiente corporativo. Ainda que o trabalho seja necessário, é preciso ponderar algumas situações. Se a rotina está te sobrecarregando, modifique seus hábitos e organize novamente seu modo de trabalhar.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail