CONARH

A comunicação como ferramenta de humanização

Da Redação
13 de agosto de 2019

Que a comunicação é uma ferramenta e meio importante para as relações entre as pessoas a gente sabe. E quanto à sua forma, quando usada de modo violenta, será que sabemos os danos que podemos causar aos outros?

A Comunicação Não-Violenta, metodologia desenvolvida por Marshall Rosenberg, apoia o estabelecimento de relações de parceria e cooperação, em que predomina a comunicação eficaz e com empatia. 

Créditos: Shutterstock

A partir das 16h40, no auditório Simultâneas Indeed Palco Amarelo, do CONARH 2019, Debora Gaudencio, facilitadora e pesquisadora em Comunicação Não-Violenta (CNV) pelo Center for Nonviolent Communication – CNVC e cofundadora da Eight Diálogos Transformadores, vai apresentar a palestra A comunicação como ferramenta de humanização, com mediação de Viviane Furquim, diretora de Gestão de Pessoas da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre.

Débora Gaudêncio, especialista do tema no Brasil, vai compartilhar os principais conceitos de CNV e um case interessante em que tem dado suporte na Iguatemi, empresa de Shopping Centers. A empresa tem passado por um processo de transformação cultural no qual o RH tem o desafio de transformar o ambiente para que seja mais colaborativo e empático

Leia também:

O CONARH de 2019: #humanize
Programação Estande ABRH no CONARH 2019

Conheça a programação completa do CONARH, do Expo ABRH e muito mais no site oficial do evento.

Aproveite e fique por dentro do site e nas redes sociais da MELHOR, revista oficial da ABRH-Brasil, que irá trazer alguns conteúdos sobre o evento.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail