Saúde

Por um RH mais cor de rosa

Thiago Carvalho
8 de outubro de 2019

Como e por que é tão importante que os RHs das empresas abracem a campanha do Outubro Rosa sobre o câncer de mama

Créditos: Shutterstock

O câncer de mama é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do câncer de pele não melanoma. No Brasil, somente em 2018, a estimativa era de que 59.700 novos casos da doença fossem detectados, com uma taxa de 69,2 casos a cada 100 mil mulheres (taxa padrão mundial), segundo o Instituto Nacional de Câncer – INCA.

Ainda segundo estimativas do INCA para o biênio 2018-2019, no território nacional, o Rio de Janeiro é o estado com maior taxa de incidência da doença (68,78%) além de ser a federação com maior índice de mortalidade (18,8%). Já em âmbito internacional sobre casos de mortalidade da doença, o Brasil figura com uma taxa de 13 por 100 mil, ao lado de países desenvolvidos como EUA, Canadá e Austrália, e melhor de que alguns deles, como a França e o Reino Unido.

Para chamar atenção da sociedade, das instituições e dos governos, todo ano o mês de outubro é dedicado a campanhas que estimulem a participação da população no controle da doença, compartilhando informações sobre o câncer de mama, conscientizando sobre a doença e contribuindo para a redução da mortalidade.

Estas campanhas são criadas pelas instituições federais e municipais de saúde, hospitais especializados, ONGs e, também, em organizações privadas. Mas como tem sido e qual a importância das empresas aderirem à campanha e estimular sus colaboradoras a realizarem os exames preventivos. Será que os RHs estão alinhados ao Outubro Rosa?

Leia também:

Outubro Rosa: como os RHs devem trabalhar o assunto

Créditos: Shutterstock

RH no tom de rosa

Em uma enquete realizada no portal da Revista Melhor Gestão de Pessoas, perguntamos aos nossos leitores se, na empresa em que trabalham os RHs criam ações internas do Outubro Rosa. E, para 73% dos respondentes, o departamento de recursos humanos abraça a campanha.

Em entrevista ao portal da Revista Melhor Gestão de Pessoas, Rafael Jaworski, diretor de RH da Pormade Portas, conta como a empresa trabalha o tema. “Procuramos sempre realizar palestras e distribuição de materiais publicitários que tratam desse tema [Outubro Rosa]“. E completa: “Temos um projeto chamado Bem-Estar Pormade, que busca incentivar a prática de exercícios e hábitos saudáveis de alimentação. Dentro desse projeto, desenvolvemos ações de prevenção e qualidade de vida, como a realização de exames preventivos e periódicos, no mês de outubro de cada ano, aproveitamos a campanha nacional para reforçar a importância dos exames preventivos para as nossas colaboradoras”.

Colaboradoras da Pormade Portas usando camiseta da campanha interna do Outubro Rosa / Foto: Divulgação

E não para por aí. Em tempos de Revolução Digital, o RH ganhou a tecnologia como importante aliada no processo interno para as atividades do dia a dia. Conhecida por m-health ou mobile health, a solução 100% tecnológica otimiza e auxilia nos cuidados com a saúde por meio de smartphones, e tem sido uma ferramenta fundamental para a gestão de saúde nas empresas.

Para Jaworski, a tecnologia pode ajudar em todas as áreas, incluindo, também, os cuidados com a saúde. “Na Pormade utilizamos os canais internos de comunicação como grupos de WhatsApp e aplicativo de comunicação interna (Fluig) para divulgar campanhas e comunicar sobre eventos e projetos que promovem a saúde e a prevenção à doença”, comenta.

Dentro das ações internas do Outubro Rosa, a empresa preparou, em parceria com a Rede Feminina de Combate ao Câncer, a distribuição de camisetas da campanha a um preço subsidiado pela empresa, alem de palestras que estão previstas durante todo o mês para as profissionais, e também a participação do Happy Hour solidário da Rede Feminina. 

O RH pode ser rosa em outubro, azul em novembro, amarelo em setembro. O RH pode ser colorido o ano inteiro. Aderir a campanhas de saúde do homem, da mulher, contra os casos de suicídio e diversas outras ações pode ser um importante caminho para a redução de casos das principais doenças.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail


fake rolex