Gestão

Profissionais não se desconectam nas férias

54% dos profissionais dos EUA declararam não conseguir manter distância do trabalho quando estão de férias

Da Redação
20 de julho de 2018

Um dos momentos importantes para qualquer profissional, que o ajuda a relaxar e recarregar sua energias, são as férias. Mas, o que era para ser descanso e um bem para a saúde física e mental pode ser prejudicado a partir do momento que ele passa a atender solicitações do trabalho durante. Enviar e responder e-mails, comparecer à empresa para uma reunião ou resolução de algum problema emergente são somente alguns dos exemplos.

De acordo com uma pesquisa da Robert Half, realizada em maio de 2018, com base na percepção de 1 mil profissionais dos Estados Unidos, 54% declararam não conseguir manter distância do trabalho quando estão em férias. Sendo que 15% chegam a manter contato diário com a equipe.

Quando questionados sobre as principais razões para essa dificuldade de desconectar, 54% atribuíram à sensação de paz pela certeza de que todas as ações estão sob controle. Outros motivos citados foram a necessidade de manter projetos em andamento (53%), evitar encontrar trabalho extra no retorno (47%) e impedir que a equipe se sinta estressada (34%).

“No Brasil, muitas empresas já adotaram a prática de bloquear o acesso dos funcionários aos e-mails durante o período de férias. Aqui na Robert Half, por exemplo, as mensagens nem sequer chegam na caixa de entrada do colaborador”, explica Fernando Mantovani, diretor-geral da empresa no Brasil.

Segundo Mantovani, a prática adotada na Robert Half é para que o profissional possa relaxar e se desconectar do estresse diário, podendo ter um colaborador mais produtivo na volta das férias.

Abaixo, confira algumas dicas da Robert Half para quem vai entrar em período de férias:

Planeje a sua folga com antecedência: essa dica vale principalmente se o mês escolhido é concorrido, como julho e janeiro. Antes de comprar as passagens e reservar o hotel, verifique com o seu chefe se tudo bem ausentar-se nos dias pretendidos. Além do mais óbvio, que é conversar com o seu gestor, lembre-se de checar se a sua ausência não será problema para colegas envolvidos em um mesmo projeto e se não atrapalhará o andamento com algum cliente.

Envie com antecedência os documentos ou projetos que precisam de um retorno: assim a resposta não virá quando você estiver ausente. É a melhor maneira de garantir que as ações continuem caminhando enquanto você está fora.

Organize seus arquivos em pastas comuns na rede da empresa ou em algum serviço “na nuvem”: isso, claro, no caso dos documentos que os seus colegas podem precisar consultar na sua ausência. Lembre-se de nomear os arquivos de forma lógica e clara, para facilitar a localização.

Delegue: alguns dias antes de deixar o escritório é importante informar aos demais membros da equipe quais colegas ficarão encarregados das suas funções na sua ausência. Feito isso, vale mandar um e-mail para cada um deles com um lembrete das atividades que precisam ser feitas.

Ative o aviso de férias do e-mail: muitos profissionais esquecem de fazer isso, mas é algo realmente importante. Já imaginou se um contato importante manda um e-mail para você e fica sem retorno por um dia, sem saber o que está acontecendo? Chato, não? Então, além de ativar o aviso de ausência temporária, certifique-se de que ele está com as informações corretas e completas: data do seu retorno e e-mail e telefone de contato de quem está no seu lugar.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail