Painel de Negócios

Profissional saudável, empresa produtiva

Melhorar nossa saúde depende da gestão adequada de quatro instâncias: a pessoal, a profissional, a física e a emocional

Da Redação
26 de outubro de 2018

Por Gilberto Ururahy, diretor-médico da Med-Rio Check-up

Gilberto Ururahy, diretor-médico da Med-Rio Check-up

Estudos mostram que profissionais que não conseguem se concentrar no trabalho, devido à má condição de saúde, chegam a ter sua produtividade reduzida em quase oito vezes. O que se vê em muitos desses casos é o presenteísmo, a condição de estar presente no local de trabalho, mas com rendimento reduzido. Naturalmente, funcionários mais produtivos geram mais resultados para a organização.

No levantamento que a Med-Rio produz anualmente com os executivos que realizam check-up, observamos que além dos altos níveis de estresse vivenciados por nossos pacientes, mais de 60% têm o peso acima do ideal e são sedentários, 50% têm colesterol elevado, 50% usam bebidas alcoólicas regularmente, 25% têm insônia, 22% são hipertensos. Na maioria dos casos, esses índices são resultado da falta de adoção de hábitos saudáveis. A consequência do descompromisso com a própria saúde é a incidência de doenças que poderiam ser prevenidas.

Melhorar nossa saúde depende da gestão adequada de quatro instâncias: a pessoal, a profissional, a física e a emocional. Mais de 70% das doenças têm relação com o estilo de vida, e a genética entra com apenas 17% nessa conta. A identificação das situações estressantes, aliada ao entendimento das emoções e dos comportamentos mal adaptados que elas produzem, é tão importante quanto identificar os hábitos prejudiciais à saúde. É preciso que o indivíduo tome as rédeas do seu próprio cuidado.

Porém, não é fácil promover mudanças sem apoio. A maior parte das pessoas costuma alegar falta de tempo para realizar os exames preventivos. Por isso, é preciso que a saúde seja um item primordial dentro da estratégia das organizações. Várias vezes já recebi gestores que confessaram que o check-up permitiu adotar medidas corretivas, evitando males futuros que poderiam afetar diretamente a performance profissional.

Especificamente no caso dos executivos, profissionais responsáveis pelas decisões que determinam o norte da empresa, a pressão do cargo por si só já envolve um estresse onipresente e que se apresenta como grande ameaça, o que abre as portas para vários males. Estabelecer uma rotina de exames preventivos significa, para a empresa, identificar os fatores de risco para a saúde de quem responde pela gestão da organização. No atual momento
do mercado de trabalho, em que há dificuldades para encontrar executivos qualificados para gerir as organizações em tempos de crise, ver um gestor se afastar por uma doença que poderia ser prevenida pode afetar a sustentabilidade da instituição.

Nesse sentido, o check-up médico periódico se torna um importante aliado para os RHs das empresas. Os exames regulares possibilitam a avaliação integral – também levando em conta os aspectos emocional e comportamental –, mostram como o estresse do cotidiano agride o organismo e apontam os fatores de risco que impactam a saúde de cada indivíduo. Os dados apontados pelos exames permitem planejar ações de acordo com o cenário apresentado.

Quanto mais informações disponíveis sobre a saúde dos colaboradores, maior será a possibilidade de desenvolver um Programa de Qualidade de Vida (PQV) direcionado para a formação de hábitos que realmente terão impacto positivo no dia a dia de cada um deles. No caso de uma empresa em que são constatados altos níveis de sedentarismo entre os funcionários, é possível criar um grupo de caminhada. Se a hipertensão e o colesterol são fatores de destaque nos check-ups, então o RH pode desenvolver campanhas sobre orientação alimentar. São inúmeras as possibilidades.

A Med-Rio ainda vai além do próprio check-up. Percebemos que muitos clientes realizavam os exames preventivos e
simplesmente os guardavam. Por isso, desenvolvemos o serviço de “Gestão da saúde do executivo”. A partir dos resultados do check-up, planejamos programas individuais de promoção à saúde, criando metas e orientando como alcançá-las. Os resultados são aferidos nos exames preventivos futuros. O capital humano é o bem mais importante de qualquer empresa, por isso é imprescindível que as organizações dediquem atenção ao bem-estar dos funcionários. Colaboradores saudáveis aumentam o engajamento e a motivação, o que repercute diretamente no resultado do negócio.

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail