Gestão

Quatro pontos fundamentais para reter e motivar talentos atualmente

A evolução das gerações aumentam o desafio da área de Recursos Humanos de reter e motivar talentos

Da Redação
12 de setembro de 2018

Por Rafael Leal

Um cenário de mudanças que a tecnologia traz para ambientes de trabalho e para várias profissões, mudanças culturais e econômicas, e a evolução das gerações aumentam o desafio da área de Recursos Humanos de reter e motivar talentos.

Embora seja uma questão presente nas organizações há anos, elas ainda lutam para motivar os colaboradores ou até ignoram práticas que poderiam contribuir para sua retenção. Segundo um estudo da O.C. Tanner, 79% das pessoas que pedem demissão citam a falta de apreciação como a razão para saírem. Outras estatísticas mostram que, enquanto 89% dos empregadores acham que os funcionários deixarão a empresa para buscar mais dinheiro, apenas 12% realmente saem por esse motivo.

Assim, a importância de criar um ambiente de trabalho propício e ter um plano de ações para motivar o funcionário permanece forte. Abaixo estão quatro pontos que não devem ser esquecidos pelas empresas ao enfrentar este desafio.

Crie um ambiente agradável
A cultura da empresa é o ponto de início para criar um ambiente agradável, estabelecendo não só as regras que devem ser cumpridas, mas os direitos e liberdades. Independente do nível hierárquico, os funcionários passam a maior parte dos dias no trabalho, portanto é preciso criar um equilíbrio entre os momentos de foco nas tarefas e os momentos de descontração com os colegas. Um ambiente agradável e equilibrado torna o trabalho mais prazeroso e resulta em mais qualidade de vida. Entre as atividades que podem ser feitas para incentivar esse clima estão eventos culturais, almoços e cafés temáticos e diferenciados, e ambientes propícios para pausas, interação ou mesmo jogos.

Invista no desenvolvimento de carreiras
As novas gerações de força de trabalho não olham apenas para o salário em um emprego, mas querem fazer parte de um propósito maior e evoluir em suas carreiras. Portanto, invista no desenvolvimento dos funcionários com treinamentos, cursos, workshops e incentive a troca de experiências entre colaboradores de diferentes áreas, níveis hierárquicos, sedes e até países. Isso só traz ganhos para a empresa, uma vez que o colaborador se sentirá valorizado, terá novos desafios, poderá assumir outras responsabilidades em um novo cargo, e trazer mais produtividade e inovação.

Valorize e envolva as pessoas
De nada adianta salários e benefícios se o funcionário não se sentir valorizado e ouvido dentro da empresa. Envolver as pessoas significa manter uma comunicação aberta e incentivá-las a dar opiniões tanto em projetos de negócios como em ações para melhorar o ambiente da organização. Oferecer feedbacks continua a ser primordial para manter o fluxo da comunicação, parabenizar as pessoas e incentivá-las a melhorar. Além disso, customizar ações de RH é outra ótima forma de prestar mais atenção aos perfis das pessoas, valorizá-las e fazer com que elas pertençam à organização.

Agradeça e premie os colaboradores
Finalmente, um dos pontos essenciais, mas muitas vezes subestimado, é agradecer o colaborador e premiá-lo por metas alcançadas e ocasiões especiais. Um recurso prático, que se adapta a diversos orçamentos e agrada a todos os funcionários é o vale presente. Esses cartões podem ser personalizados como prêmio para uma meta alcançada, como presente para datas como dia das mães, pais, Natal ou mesmo para datas específicas como tempo de casa e aniversário. Essa é uma ação que vai além do valor oferecido, mas cria um sentimento de satisfação e carinho entre o funcionário e a empresa.

Rafael Leal é Diretor de Recursos Humanos da Hub Fintech, empresa líder em tecnologia e soluções de negócios em meios de pagamento no Brasil

Compartilhe nas redes sociais!

Enviar por e-mail